Mostrando postagens com marcador oxigenação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador oxigenação. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 18 de julho de 2017

Cãibras por calor


As cãibras podem resultar da simples exposição a calor intenso, quando se transpira muito após períodos de exercício físico intenso e de uma hidratação inadequada, só com água sem substituição dos eletrólitos perdidos na transposição.
www.emagrecerumdesafio.com
© Medicana Life

As cãibras são especialmente perigosas em pessoas com problemas cardíacos ou com dietas hipossalinas (pobres em sal). Por isso aconselha-se a que não façam exercícios físicos violentos em períodos de calor.

Sintomas

Manifestam-se por espasmos musculares dolorosos do abdômen e das extremidades do corpo (pernas e braços), provocados pela perda de sais e eletrólitos.

O que fazer?

1 - Parar o exercício, se for o caso, e descansar num local fresco e calmo;

2 - Esticar os músculos e massagear suavemente;

3 - Beber sucos de fruta natural sem adição de açúcar e/ou bebidas contendo eletrólitos (bebidas para esportistas);

4 - Procurar ajuda médica se as cãibras persistirem;

5 - Para evitar todas estas situações provocadas pela exposição ao calor intenso proteja-se da exposição solar e procure locais frescos, ou com ar condicionado, durante o período de maior calor, em especial se estiver acompanhado de crianças pequenas, pessoas idosas ou pessoas com doenças crônicas, por exemplo, doenças autoimunes (diabetes mellitus tipo 1, lúpus eritematoso sistêmico, síndrome de Sjögren, tireoidite de Hashimoto, doença de Graves e artrite reumatoide), entre outras. 

Fonte: Revista PH

Até a próxima

sábado, 15 de julho de 2017

Exercício físico faz bem ao cérebro


Há várias décadas se acumulam evidências indicando os benefícios da atividade física, tanto aeróbica como de força (ou resistência), na função cognitiva, tempo de reação e memória, entre outras propriedades.
www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Pinterest

Um estudo publicado no British Journal of Sports Medicine concluiu que a combinação de exercícios aeróbicos com exercícios de resistência contribui para estimular o cérebro de pessoas com mais de 50 anos. Segundo os investigadores, o exercício físico nas pessoas mais velhas constitui um meio promissor de retardar ou afastar o declínio de saúde mental e das capacidades cognitivas. Os exercícios aeróbicos refletem-se nas capacidades cognitivas, enquanto os de resistência têm efeitos na memória.

À medida que envelhecemos, a produção das substâncias necessárias para o crescimento de neurônios (como a BDNF) diminui. Isso causa uma redução na produção de neurônios e menor ligação entre eles. É aqui que o exercício pode ajudar. 

Quais são os melhores esportes para o cérebro?

A maior parte dos estudos concluíram que os exercícios aeróbicos, que usam o oxigênio para produzir energia (como correr, caminhar, andar de bicicleta ou nadar), são os melhores para o cérebro porque ajudam o coração a bombear mais sangue. Com isto, haverá melhor oxigenação dos cerca de 100 mil milhões de neurônios que temos.

O exercício fornece um estímulo sem paralelo: cria um ambiente no qual o cérebro está pronto, disponível e apto a aprender.

Fonte: CNN, Revista PH
Até a próxima