Mostrando postagens com marcador minerais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador minerais. Mostrar todas as postagens

domingo, 27 de agosto de 2017

Rúcula, razões pelas quais você deve comer



Todos os benefícios para a nossa saúde. Pobre em calorias, rica em vitaminas e minerais, é um alimento valioso para o bem-estar do nosso corpo. 

O inconfundível sabor amargo picante e sua versatilidade na cozinha, presta-se às preparações mais variados. Pode ser consumida crua em saladas, ou como um condimento para pratos de massas.
www.emagrecerumdesafio.com
© Depositphotos

Digestiva e diurética

Estimula a produção de sucos gástricos, facilitando assim o processo digestivo. Rica em água, é também um bom diurético.

Saciante

Pode ajudá-lo, mesmo se você tiver problemas de apetite. Ela contém substâncias que podem estimular a sensação de fome.

Vitamina C

Esta salada também tem sua eficácia como um tônico. Você está se recuperando de uma gripe? Experimente e ela vai beneficiá-lo em virtude de sua contribuição de minerais e vitamina C.

Saúde óssea

O seu teor de vitaminas K, A, B, juntamente com o cálcio, magnésio e ácido fólico, é excelente para a saúde dos ossos.

Relaxante

Você quer descansar bem? Tal como a camomila, experimente-a como um chá. Suas propriedades calmantes irão ajudar, propiciando uma boa noite de sono. 

Anemia

É uma boa fonte de ferro e, por conseguinte, está indicado para a prevenção da anemia.

É antidepressiva

É rica em vitaminas B, essenciais para «a síntese de proteínas, enzimas e células do sistema imunitário. Este grupo vitamínico está associado ao melhor funcionamento cerebral, reduzindo a depressão. É importante para a performance atlética e prevenção de doenças cardiovasculares.

Fonte: MSN/Sapolifestyle
Até a próxima


sábado, 24 de junho de 2017

A batata-doce… razões para incluí-la na nossa alimentação



Originária dos Andes, a batata-doce possui diversas variedades. Algumas têm a polpa branca, outras mais alaranjada ou arroxeada.
www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Pingo doce
► Possui vitamina C, B6, beta-caroteno e manganês, com diversas propriedades anti-inflamatórias e ajuda também a evitar artrites.

► Devido ao seu alto teor de fibra solúvel, auxilia na redução tanto do açúcar no sangue como no do colesterol.

► É rica em antioxidantes, assim enriquece o sistema imunológico.

► Emagrece e aumenta a massa muscular, graças à sua capacidade de diminuir o apetite e liberar a glicose no sangue de forma mais lenta.

Como cozinhá-la

É muito apreciada pelos esportistas e não só. É que, além de deliciosa e energética, tem inúmeros benefícios para a saúde. Conheça-a melhor.

A batata-doce pode ser frita, cozida, assada e até mesmo ser feita no microondas, sendo a mesma indispensável para a preparação de alguns doces. No entanto, se procura uma refeição saudável, é recomendável não fritar a batata (só irá aumentar a gordura da mesma).

Escolher e guardar

Ao comprar escolha os exemplares que estejam firmes. Pode armazená-las por algumas semanas, desde que esteja em local fresco e seco.

Evite a geladeira, pois o frio tornará a sua polpa mais dura, e mantenha-as longe das cebolas, já que se estiverem juntas ambas se deterioram mais rapidamente.

Preparar

A batata-doce pode ser difícil de descascar devido ao formato irregular. O mais fácil é cozinhá-las com a casca, depois de bem lavadas, claro, e descascá-las depois. Cozinhá-las desta forma também ajuda a preservar os nutrientes.

Batata-doce caseira?

Pode cultivar batata-doce em casa. Basta escolher uma batata com brotos a nascer, mergulhar metade em água e deixar à luz, trocando a água de vez em quando. Quando se começarem a formar rebentos, retire-os e coloque-os em água, mais uma vez, até crescerem, passando-os depois para a terra. Ficam especialmente bem num vaso suspenso.

Receitas deliciosas com batata-doce

Mais doce do que a sua “prima” convencional, a batata-doce acrescenta um toque especial a sopas ou guisados, purés e outros pratos em que tradicionalmente usaria a batata branca.

A forma mais simples de a apreciar é mesmo simplesmente cozida, mas há quem não a dispense assada no forno. Fáceis de fazer é chips de batata-doce no microondas ou no forno.

O segredo é fatiar a batata em rodelas muito fininhas, dispô-las numa folha de papel toalha e levar ao microondas na potência máxima (3 minutos, de um lado e 2 minutos do outro, aproximadamente), temperando depois com sal e pimenta a gosto. Ou então, fazê-las no forno (15 minutos de cada lado), temperando com azeite e ervas aromáticas.

Dica microondas: Se optar por cozinhá-la inteira no microondas, faça-lhe previamente alguns furos com um garfo para liberar o vapor que se forma durante a confecção e evitar que a casca rebente.

Fontes: SapoLifestylle, Pingo Doce
Até a próxima

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

5 alimentos que hidratam e ajudam manter a aparência saudável


A beleza, você sabe, é interior. De todos os pontos de vista, incluindo a culinária. Para a pele uma aparência mais saudável e mais radiante do rosto, é essencial que nós cuidemos do que colocamos em nossos corpos, de modo a eliminar as toxinas e manter todos os nutrientes úteis para a saúde do corpo. 
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem Pixabay

Vejamos os alimentos ricos em vitaminas, aminoácidos, minerais e fibras para integrar em nossas dietas.

Sementes de girassol

Rico em vitamina E, essas pequenas sementes são deliciosas e generosas para o nosso sistema imunológico. Graças ao alto teor de ácidos graxos, as sementes de girassol nos ajudam a lutar contra impurezas e imperfeições que causam inflamação. Além disso, promovem a hidratação na maioria das áreas do corpo que tendem a rachar, como os lábios e a pele dos calcanhares.

Chocolate

Boa notícia para os mais gulosos: este alimento não é apenas delicioso, mas também incrivelmente saudável, contanto que a ingestão seja moderada e a escolha chocolate escuro (no mínimo 70% de cacau). O seu conteúdo antioxidante é muito alto, portanto, perfeito para manter sua pele limpa, tonificada e jovem. Um pecado da gula que, além disso, você pode desfrutar sem culpa!

Soja

O teor de proteína de soja não tem nada a invejar ao carne, um alimento muito prejudicial não só para a saúde e o bem-estar do nosso corpo, mas também a sustentabilidade do planeta. Soja pode ser encontrada sob a forma de tofu queijo, o delicioso feijão edamame, molhos e leite derivados desta planta fenomenal. A soja também ajuda a reduzir o aparecimento de manchas solares e hiperpigmentação nas áreas mais delicadas da face, tal como a pele acima do lábio superior e na testa.

Alcachofras

Deliciosa cozida, crua ou frita, em óleo ou vinagre, alcachofras estão entre os alimentos mais versáteis que existem. Graças às suas propriedades antioxidantes, melhorar a qualidade e o brilho da pele, facilitar a digestão e fortalecer o sistema imunitário.

Abóbora

Muito mais do que apenas uma decoração de Halloween, a abóbora é rica em beta-caroteno e vitamina A, que regulam a produção de óleo e sebo tornando a pele macia e suave. Ele ajuda a combater a inflamação, espinhas e pontos negros.

Fonte: Cover Media

Até a próxima


quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Lentilhas: O legume mais antigo do mundo


Diz-se que comer lentilhas na passagem trás boa sorte para o futuro.


www.emagrecerumdesafio.com
Foto:Wikimedia Commons


Lentilhas têm sido parte da dieta humana desde o período neolítico, sendo uma das primeiras culturas agrícolas domesticadas no Oriente Médio. Evidências arqueológicas mostram que elas eram consumidas de 9.500 a 13.000 anos atrás. 

Do Oriente Médio, as lentilhas se espalharam para a Europa do sul e central e para o norte de África.

O consumo de lentilhas durante a véspera do Ano Novo é um hábito comum em países como o Brasil, Chile e Venezuela.

Por que se diz que as lentilhas trazem boa sorte?

Lendas dizem que a forma arredondada de lentilhas lembram a antiga forma de moedas de ouro. Os romanos usavam para dar o dom de uma "bolsa" (uma bolsa de pele para manter as moedas) cheio de lentilhas, com a esperança de que poderiam se transformar em dinheiro.

Um legume de alto valor nutritivo

Também chamado de "carne dos pobres", lentilhas são ricas em proteínas (25%), vitaminas e minerais, carboidratos (53%) e 2% de óleos vegetais, que o tornaram realmente um alimento muito apreciado e altamente nutritiva. Tem baixo teor de gordura, e é rica em fibras, eles são indicadas para manter sob controle os níveis de colesterol. É uma boa fonte de ferro, tendo mais de metade da necessidade diária de ferro de uma pessoa em uma porção de um copo.

Nota

A Lentilha é, ainda, rica em purinas. Um composto cuja ingestão excessiva pode aumentar os níveis séricos de ácido úrico. A ingestão de alimentos ricos em purinas deve ser moderada em indivíduos com hiperuricemia.

Salada de lentilha com bacalhau uma entrada leve e sofisticada.

Ingredientes

. 500 g de lentilhas secas
. 50 ml de azeite extravirgem
. Sal e pimenta-do-reino a gosto
. 250 g de bacalhau dessalgado
. 2 colheres (chá) de tomilho fresco picado
. 150 g de cebolas em anéis
. 10 tomates-cereja
. 10 azeitonas pretas picadas
. 50 g de amêndoas torradas e laminadas

Créditos da imagem: Rogerio Voltan

Modo de preparo

. Cozinhe as lentilhas até ficarem al dente.
Tempere-as com azeite, sal e pimenta.
Cozinhe o bacalhau por 15 minutos e escorra.
Adicione o tomilho e refogue em azeite.
Deixe esfriar.
Doure a cebola em óleo bem quente.
Em uma tigela, misture todos os ingredientes.
Sirva em taças individuais.
Tempo de preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 2 porções


Créditos: Conteúdo ESTILO/mdemulher 


Até a próxima 

domingo, 20 de dezembro de 2015

Dicas para usar flores comestíveis





As flores comestíveis são altamente recomendadas pelos melhores chefes de cozinha. Eles afirmam que a flor dá um toque especial no paladar e melhoram o sabor do da comida, além de produzir um prato cheio para os olhos ao ajudar a compor belíssimos arranjos. Mas, como o próprio nome já diz, flores comestíveis não são apenas para ver, mas sim para comer.


www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Divulgação/Marcelo Jacobi

No prato, as flores dão cor e algum sabor. Mas atenção, utilizar flores na alimentação implica informação prévia e profissional.

A inclusão das flores em confecções culinárias no Japão, Itália ou França já são parte da tradição. 

Apesar de não se distinguirem, pelo aspecto, das espécies ornamentais, convém saber diferenciar e jamais confundir as flores comestíveis das restantes. As flores puramente decorativas podem ser altamente tóxicas e venenosas, fatais, em certos casos. Isto porque cultivadas com recursos a produtos químicos, prejudiciais à saúde. Já as flores comestíveis resultam da produção biológica, especificamente para fins culinários.

Valor nutricional

Embora as virtudes terapêuticas das flores venham a ser exploradas há muito, o valor nutricional não foi, até o momento, profundamente estudado. O que se tem conhecimento é que têm baixo valor calórico, cerca de 40 calorias por 100 g e que possuem algumas vitaminas e minerais. As rosas são ricas em vitamina C, Dentes de leão são ricos em vitamina A e C e suas folhas contém ferro, cálcio e fósforo.

Veja todas as dicas para usar flores comestíveis no seu prato


– As flores comestíveis mais populares

Para não ter erro, você pode procurar as mais conhecidas, a capuchinha, a lavanda, o amor-perfeito, a calêndula, a borago, a violeta-odorata, o alecrim, as flores de abóbora e a rosa. Todas são lindas, garantindo o visual do prato, e são opções para saladas, pratos quentes e sobremesas e devem ser adicionadas aos pratos somente na hora de servir, as flores são elementos sensíveis e podem murchar com o calor e até o tempero da salada. Mas atenção: algumas dessas flores exigem certos cuidados. Da calêndula, por exemplo, somente as pétalas podem ser aproveitadas, seu talo é muito duro para ser ingerido.

– Cuidados na compra de flores comestíveis

Alguns mercados já vendem as flores como alimentos em bandejas de 20 a 60 gramas das espécies comestíveis prontas para consumo. Porém é preciso verificar se foram embaladas no mesmo dia ou estão sendo conservadas no refrigerador, pois com o tempo as flores perdem o viço e as pétalas começam a adquirir pintinhas escuras, desta forma elas não estão recomendáveis para consumo.

– Dicas para consumir

Há ótimas receitas que utilizam frutas, entre elas, risoto com flor de abobrinha, alcachofras de alecrim, salada verde e merengue com frutas. Surpreenda os convidados não só no sabor mas também na decoração, lembre-se sempre de guardar pétalas das rosas utilizadas na receita para enfeitar o prato.


Fontes: LifeStyle, Ponto XP

Até a próxima


domingo, 29 de novembro de 2015

10 passos para fortalecer o sistema imunitário


Para defender-se das doenças, manter um estilo de vida saudável é a melhor arma, já que o sistema imunitário vai enfraquecendo à medida que envelhecemos.

www.emagrecerumdesafio.com
Imagem Pixabay


Existe evidência científica de que as vitaminas A, B2, C e E, assim como os minerais zinco e selênio e certas plantas poderão fortalecer o sistema imunitário.

 Lave as mãos regularmente.
 Não fume.
 Tenha uma alimentação rica em fruta, legumes e grãos integrais e pobre em gordura saturada.
 Mantenha um peso adequado à sua estatura.
 Vigie a pressão arterial periodicamente.
 Faça exercício físico regularmente.
 Durma o suficiente.
 Se consumir bebidas alcoólicas, seja moderado.
 Faça um check-up regularmente: aconselhe-se com seu médico quanto à periodicidade.
 Aprenda a gerir o stress.


Referências: Revista PH


Até a próxima


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Melhores alimentos para evitar anemia


A anemia poderá ter várias origens, sendo que a nível alimentar pode haver necessidade de reforçar o consumo de ácido fólico, vitamina B12 ou ferro. Mas pensando nas anemias ferropênicas, por carência de ferro, a nível alimentar é importante reforçar alimentos mais ricos neste mineral:

www.emagrecerumdesafio.com



As fontes animais de ferro têm um elevado nível de absorção e aproveitamento por parte do organismo, são elas: carnes vermelhas (de preferência magras), fígado (de vitela, preferencialmente), gema de ovo e mariscos (ostras):

 As fontes vegetais de ferro não são tão bem absorvidas pelo nosso organismo: cereais integrais, leguminosas (feijão, grão, ervilhas, lentilhas), vegetais verdes (espinafre, salsa, agrião, rúcula, couve, brócolis), beterraba e frutos oleaginosos (amêndoas, avelãs, castanhas do Pará.

 Podemos contudo, otimizar a absorção do ferro existente nestes alimentos adicionando na mesma refeição, alimentos ricos em vitamina C, como por exemplo: laranja, tangerina, morangos e kiwi.

Fonte: Revista PH -  Dra Ana Carolina Soares, nutricionista


Até a próxima


domingo, 7 de junho de 2015

Um inverno cheio de vitaminas


A alimentação desempenha um papel crucial na infância, especialmente nos primeiros anos vida, quando ocorre um maior desenvolvimento a nível físico e intectual.

www.emagrecerumdesafio.com
As crianças precisam das mesmas vitaminas e minerais que os adultos, mas há alguns micronutrientes que assumem especial importância para o seu crescimento saudável.

As vitaminas A e D são indispensáveis para um normal desenvolvimento ósseo e da visão, asseguram a integridade da pele e das mucosas, estimulam o desenvolvimento intectual e do sistema imunitário.
Minerais como o iodo são fundamentais para o crescimento e para a função cerebral. Já uma leve carência de zinco, pode ser responsável pela diminuição do apetite e diminuição do crescimento.

O ferro é fundamental nos períodos rápidos de crescimento, especialmente nos primeiros 5 anos de vida. A sua carência, mesmo na ausência de anemia, está significamente associada a atraso de desenvolvimento cognitivo e menor rendimento escolar. Para o bom desempenho do organismo, é necessário um consumo equilibrado de vitaminas e minerais. É nos meses de inverno, quando o sistema imunitário está mais fraco, que são mais frequentes as gripes e os resfriados.

E também é em idade escolar que começa a surgir a paixão pelos esportes. Futebol, surf, ginástica, tênis, tantas são as opções que as crianças têm para realizar exercício físico, uma prática que vai ajudar ao seu crescimento saudável, bem como à sua integração e interação em comunidade. À exigência da prática desportiva continuada juntam-se as exigências letivas do dia-a-dia das crianças (aulas, dever de casa, testes), razões pelas quais torna-se importante o reforço de suas defesas, para que tenham mais vitalidade e energia e consigam lidar com os esforços físicos e intelectuais de uma forma saudável. 

Referências: Publireportagem


Até a próxima


quinta-feira, 4 de junho de 2015

Vitaminas e minerais, os seus aliados


Em época de dias ainda frios e chuvosos, os principais vírus que afetam as vias respiratórias tornam-se mais ativos, disseminando-se rapidamente no meio ambiente. As gripes e resfriados são das infecções causadas por vírus mais comuns nesta época do ano, pelo que apostar na prevenção é a forma mais eficaz de evitar que se instalem no nosso organismo.
Imagem: doutorgourmet.com 
Uma alimentação saudável e diversificada, aliada a hábitos de vida saudáveis: prática regular de exercício físico, dormir bem, fazer uma boa gestão do stress, são fatores fundamentais para manter a integridade do organismo. Especialmente em períodos de mudança de estações, a ingestão de determinados nutrientes chave que asseguram o bom funcionamento do sistema imunitário pode fazer toda diferença para combater vírus como o da gripe. O consumo de frutos e legumes nas quantidades adequadas pode ser  a solução para não se deixar atingir por gripes e resfriados.

A vitamina C tem um papel de destaque na proteção contra estados gripais e doenças infecciosas uma vez que melhora o funcionamento do sistema imunitário, aumentando a síntese de glóbulos brancos e anticorpos. As fontes naturais mais ricas nesta vitamina são os frutos e os legumes.

Igualmente importante para reforço das defesas do organismo é a vitamina E, presente nos óleos vegetais (azeite, soja), nos grãos e frutos secos. Com propriedades antioxidantes, garante a proteção das membranas celulares da ação nociva dos radicais livres. Também o selênio tem um reconhecido poder antioxidante, e pode ser encontrado no marisco, carne, cereais, frutos e vegetais..

O zinco, um mineral que se poder obter a partir da carne e derivados de cereais é igualmente essencial para a função imunitária, já que está associado ao aumento de produção de glóbulos brancos, ajudando-os a travar um combate mais agressivo contra agentes invasores. Ajuda ainda a manter a integridade da pele e das mucosas, aumentando as barreiras de defesa contra infecções.

Um dos principais grupos de risco face a doenças como a gripe são os idosos. À medida  que os anos passam, os sistema imunitário vai envelhecendo, tornando-se mais lento na resposta contra as agressões. Além disso, muitos vivem sozinhos e nem sempre fazem refeições completas, por dificuldades de aquisição e confecção dos alimentos, ou por dificuldades na mastigação ou deglutição. Estes fatores podem culminar num estado de má nutrição, com impacto direto na sua saúde. Com o sistema imunitário fragilizado, há um maior risco de contrair doenças infecciosas em geral. 

Quando não é possível obter da alimentação todos os nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo, e especialmente no caso dos idosos, é fácil e eficaz reforçar o seu aporte com suplementos alimentares adequados. Como os vírus não nos dão descanso, o importante é que não nos apanhem desprevenidos.

Fonte: Publireportagem


Até a próxima

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

9 dicas de comidas para levar ao trabalho


www.emagrecerumdesafio.com
Férias chegando ao fim, hora de retornar ao trabalho,  e comer fast food durante uma semana inteira não é saudável. Variar e alimentar-se de forma saudável contribui para a prevenção de doenças, além de ter aquele gostinho de "minha comida, feita por mim".

A seguir algumas dicas de como tornar este hábito mais econômico, mais rico e saudável.

O pensamento de que levar comida para o trabalho equivale a uma refeição pouco variada, repetitiva, monótona ou pouco saudável, não é verdadeiro.

Na noite anterior coloque todos os ingredientes da refeição em recipiente com tampa e guarde na geladeira. De manhã, com tudo adiantado não vai ter sufoco com o horário.

A refeição deve conter proteínas, verduras, leguminosas, féculas ou cereais.

↦ Comida enlatada não é sinônimo de refeição ruim. Milho, cogumelos, feijão ou grão-de-bico, são um acompanhamento nutritivo.

↦ Evite temperar a comida no momento em que coloca na marmita. Se for necessário acrescentar sal, pimenta, ervas aromáticas, azeite, leve-os em frasco separado e faça o tempero antes de comer. Saladas nunca devem ser levadas já temperadas e muito menos de um dia para o outro.

↦ O prato deve ser colorido e bem dividido, uma excelente opção é: metade deve ser ocupada com verduras cozidas ou cruas em saladas, um quarto em legumes e cereais e o restante com uma proteína, ovos, carne bovina, peru, peixes.

Para ser um prato mais econômico o segredo é usar os ingredientes de cada época.

↦ Para os lanches do meio da manhã e da tarde evitar os doces (bolos, sonhos, etc). A escolha saudável é sempre uma fruta, bolachas integrais ou ainda (moderadamente) frutos secos.

Alimentos que não devem ficar fora das refeições

↦ Couve-flor, rica em vitamina C.
↦ Abóbora, tem baixo teor calórico e tem muitas vitaminas.
↦ Alcachofra e beringela, ajudam desintoxicar o organismo por serem ricas em fibras.
↦ Cogumelos, apresentam em sua composição fibras, minerais e vitaminas, necessários ao organismo.
↦ Citrinos; toranja, laranja, tangerina, ricas em vitaminas C.

Fonte: MSN

                                      Até a próxima