Mostrando postagens com marcador legumes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador legumes. Mostrar todas as postagens

domingo, 17 de setembro de 2017

11 alimentos que não deve congelar



No congelador podem guardar-se refeições já feitas, alimentos crus, pão, gelados e uma grande variedade de ingredientes para usar mais tarde. Aprenda a identificar os alimentos que não deve congelar.

www.emagrecerumdesafio.cm
Getty Images

► Vegetais e frutas ricos em água

Só deve congelar estes tipo de vegetais e frutas (melancia, pepino, batatas, maçãs, entre outros) se for para colocar em seguida numa misturadora ou liquidificador. É que estas frutas e vegetais perdem a textura quando são descongelados.

► Carne já descongelada

Quando descongelada à temperatura ambiente, a carne começa a desenvolver microrganismos que só o calor pode destruir. Por isso, deve ser logo cozida, sem voltar ao congelador.

► Massa cozida

Ao congelar a massa já cozida congela também as partículas de água da massa. O resultado, quando descongelada, é uma pasta mole, ensopada e sem graça.

►Grãos de café ou café em pó

As temperaturas baixas secam o café. Em vez de o congelar, guarde-o num local fresco, escuro e numa caixa bem fechada. Desta forma poderá conservar a frescura do café durante alguns meses.

► Comida enlatada

Este tipo de comida é feita para durar muito tempo na despensa e não precisa de ser congelada. Se por acaso sobrar uma parte que queira aproveitar, tire-a da lata e guarde-a numa vasilha com tampa ou saco de congelação.

► Ovos com casca

No congelador a matéria que constitui o ovo expande-se e pode fazer com que a casca estale, deixando entrar bactérias ou qualquer tipo de sujeira.

► Iogurtes ou outros lacticínios

Quando congelados, separam-se ou, como se diz na gíria culinária, “deslaçam”. Guarde estes alimentos na geladeira e mantenha-os longe do congelador.

► Queijos cremosos

Não tente congelar estes maravilhosos queijos, o resultado não será bom. Guarde-os na geladeira.

► Molhos que levem farinha ou amido de milho

Este tipo de molhos, como por exemplo o bechamel, separam-se quando congelados e pode ser difícil, depois de descongelados, voltar à consistência original.

► Sorvete derretido

Ficou na conversa e o sorvete que sobrou estava líquido? Acontece a todos. Mas não o volte a congelar porque só ficará com uma pasta pegajosa. Faça uma vitamina, por exemplo.

► Refeições que já foram aquecidas

Mais uma vez alertamos para os microrganismos que se podem formar num alimento que já foi congelado cozido e depois aquecido. Guarde as sobras na geladeira e consuma-as no prazo de um dia ou dois.

Fonte MSN/Pingo doce

Até a próxima

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Erros que nos fazem comer mais gordura do que o necessário



Uma semana de exageros não tem repercussões preocupantes na vida saudável de uma pessoa ativa. Mas sim, segundo o El País, a balança é capaz de acusar um pouco mais de peso. E a culpa é da Lei da Conservação da Massa: “A energia não se cria, nem se destrói, mas transforma-se. E, neste caso, fá-lo sob a forma de gordura”, esclarece Ángel Gil, professor catedrático de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade de Granada e presidente da Fundação Iberoamericana de Nutrição.
 title=
© Slicing

Não medir a gordura

A maioria estima as quantidades de gordura que usam em vez de medi-los e isso pode resultar em um aumento de calorias que você não pode imaginar. Uma colher de sopa de azeite de oliva, por exemplo, tem 120 calorias. Se não medir pode colocar duas, dobro de calorias, portanto.

Calcular as porções

Se você está tentando perder peso, sabe que comer as porções corretas é uma das partes mais importantes. Bem, estudos têm mostrado que somos muito ruins em calcular porções. Então temos que usar copos de medição ou escalas, para comer dentro de limites saudáveis.

Não cozinhar bem os legumes

Os vegetais são uma parte essencial de uma dieta equilibrada e é bom tentar aumentar o seu consumo. No entanto, é importante que você prepare o caminho certo para maximizar seus lucros.
A maioria são melhores crus, mas se você decidir que os fará cozidos, os faça bem cozidos.

Não seja um escravo da receita

As receitas são uma grande ajuda para preparar comida, mas é claro que você pode (e deve) ajustá-los às suas necessidades.
Se a receita pede manteiga, substitua-a por um bom azeite. 

"Bicar" enquanto cozinha

No máximo, ele soa para nós como normal, mas essas porções que comemos enquanto cozinhamos pode fazer uma diferença enorme.
Saborear a comida que você está fazendo é normal, mas se a fome está fazendo você comer mais, melhor encher um copo com água e tomar sempre que sentir que quer "bicar".

Usando muito queijo

O queijo é delicioso, sem dúvida, mas as pessoas tendem a abusar dele quando preparam a comida. Isto significa que você come uma grande quantidade de gordura e calorias e quase não percebe. Não vale a ilusão de que "você está comendo proteína", porque queijos mesmo frescos, contêm mais gordura do que proteína.
Deixe o queijo como um prato ou condimento, mas não o torne o centro de seu alimento se quiser manter um peso saudável.

No usar fibra suficiente

Se quiser algo simples, mas poderoso para perder peso, simplesmente coma mais fibras. De acordo com vários estudos, a partir do aumento da ingestão de fibra começa a perder peso, estará assim controlando sua dieta em todos os aspectos. Além disso, utilizando os ingredientes ricos em fibras ajuda a evitar problemas de colesterol e a aumento da pressão sanguínea.
Para melhorar imediatamente a sua saúde comece a consumir mais alimentos como lentilhas, feijão, grão de bico e outras muito ricos em fibras e nutrientes.

Enganado pelas gorduras boas

Ultimamente temos aprendido muito sobre gorduras saudáveis. É verdade que o abacate ou azeite nos fornecem nutrientes valiosos. Mas eles, por serem tão nutritivos não significa que você pode comê-los sem medida e não engordar. Estas gorduras engordam e causam danos à saúde (manteiga, banha e outras gorduras animais), lembre-se que gorduras devem ser consumidas com moderação.

Atenção às sobras

Quando você terminar de comer, livre-se das sobras o mais rápido possível. Caso contrário provavelmente acabará comendo um pouco mais do que se pretendia.

Fonte: MSN
Até a próxima

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Como fazer que frutas e legumes durem mais tempo na geladeira


Em tempos bicudos na economia, os alimentos sempre sofrem com alta nos preços, seja pelo fato da inflação com a safra que muitas das vezes não ajuda ou excesso de sol ou chuva, uma das únicas maneiras de se economizar com alimentos como verduras e frutas é usar técnicas que ajudem na economia, sendo que a geladeira pode ser uma grande arma para que os produtos naturais possam durar muito mais.
 style=
© Shutterstock

Os alimentos devem ter uma gerência muito atenta em uma casa ou restaurante, pois caso contrário, se pode desperdiçar e muito, o que acaba se tornado lixo e prejuízo tanto para a dona de casa quanto para os empresários do ramo de alimentação, que sempre sofrem com as diversas variações que frutas e legumes sempre sofrem com o passar do tempo.

A boa notícia é que a geladeira é uma grande aliada para quem deseja ter menos prejuízos com frutas e legumes, que apesar de serem alimentos bem saudáveis, tem prazo de validade bem curto, pois caso não sejam consumidos rapidamente, se estragam, o que significa prejuízo.

Dicas de como usar a geladeira para conservar por mais tempo frutas e legumes


• Frutas cítricas não devem ser guardadas em geladeira.


• Abacaxi deve ficar de coroa para baixo por pelo menos dois dias, para que o doce, que fica na base, se espalhe pela fruta.

• Maçãs só devem ficar na geladeira depois de duas semanas em temperatura ambiente.

• Frutas que tenham caroço só devem ficar na geladeira depois de maduros.


• Tomate deve ficar em local bem fresco, ou seja, não deve ser armazenado em geladeira.


• Brócolis, abobrinha e berinjela devem ser guardados na geladeira enrolados em um pano.


• Cebola e alho devem ser guardados em um local escuro e que não seja a geladeira.


• Cenoura deve ter a ponta cortada e guardar em um recipiente bem úmido dentro da geladeira.


• A cenoura também pode ser armazenada na geladeira, em embalagens como potes fechados e bem picados ou ralados, para facilitar quando do preparo ou em saquinho plástico, só que em seu tamanho normal.



Fonte: G. Produções

Até a próxima

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Erros que podem comprometer uma receita

Para cozinhar é necessário alguma técnica. A revista Time compilou dez erros normalmente cometidos e que podem estragar as refeições.

www.emagrecerumdesafio.com
http://br.freepik.com/


1 - Não ler a receita inteira antes de começar a cozinhar

A especialista Linda Carucci afirma que "Ler uma receita é como olhar para um mapa antes de uma viagem", e está absolutamente correta.
Os detalhes não devem ser deixados de lado, o ideal é saber antecipadamente o que vai utilizar e que equipamentos vai precisar.

2 - Colocar quantidade muito grande de alimentos na panela e tapá-la completamente.

Use uma panela maior, duas panelas ou cozinhe por porções. Se cozinhar por porções coloque a primeira no forno enquanto cozinha a
segunda.

3 - Não aquecer a frigideira para fritar peixes, por exemplo.

A superfície tem que estar bem quente, se não estiver quente o suficiente faz com que fique grudado, outra opção são as panelas com teflon, evitam este problema.

4 - Cozinhar massas em uma panela muito pequena

Quando se coloca comida a água que está fervendo, a temperatura da água desce imediatamente. Muita massa em pouca água, o processo de cozimento é alterado e a massa apresenta consistência estranha. Convém usar muita água, a comida deve ficar imersa totalmente.

5 - Refogar legumes ainda com água

Escorra os legumes e aqueça bem o azeite, caso contrário o vapor deixará os legumes moles e pastosos.

6 - Usar ervas aromáticas secas ao invés de ervas frescas para temperar

Como as ervas frescas custam mais e duram menos as pessoas tendem a usar as ervas secas, são mais práticas.

7 - Fazer frituras em óleo pouco quente (frituras, geralmente são desaconselhadas).

Na frigideira ou panela se o óleo não estiver em temperatura adequada, o alimento vai absorver grande quantidade de gordura, ficando pesada e com aspecto não muito agradável.

Referências: MSN


Até a próxima