Mostrando postagens com marcador intoxicação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador intoxicação. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Intoxicação: contato com a pele e os olhos


Nas residências são utilizados vários produtos químicos, tornando-se necessário o conhecimento dos efeitos dos mesmos para que se evitar danos à saúde. Muitas pessoas supõem que exista um antídoto para a maioria ou a totalidade dos agentes tóxicos. Infelizmente isto não é verdade. Existem apenas alguns produtos específicos para certos casos e que, mesmo assim, necessitam de orientação médica para serem usados.
plus.google.com

O contato com produtos químicos pode resultar em queimaduras graves que precisam de cuidados urgentes. A gravidade da queimadura depende da substância envolvida e de quanto tempo esteve em contato com o corpo.

Contato com a pele: a localização das lesões normalmente surge na parte do corpo exposta ao químico. No entanto, pode ser absorvido pelo organismo e apresentar alterações noutras regiões do corpo.

Sinais e sintomas

Vermelhidão e possível formação de bolhas; coceira, inchaço, queimaduras.

Atuação

Avalie a situação - segurança, proteção (ex: luvas) riscos, qual o produto, queimaduras (algumas podem não ser visíveis imediatamente); coloque a vítima em segurança - local seguro e bem ventilado; ajude a vítima a retirar roupas contaminadas; lave abundantemente com água corrente durante 15 minutos - tenha cuidado para que o produto não escorra sobre partes do corpo não afetadas; ligue para o Centro de Informações Antivenenos.

Contato com os olhos: determinados produtos podem provocar lesões graves e até cegueira

Sinais e sintomas

Dor e vermelhidão; lacrimejar e irritação; incapacidade de abrir os olhos; pálpebras inchadas; perda de visão ou vista turva.

Atua

Avalie a situação - segurança (ex: luvas), riscos, qual o produto, lave com água corrente por 15 minutos mantendo as pálpebras afastadas; tape o olho lesionado, podendo mesmo tapar os dois, de forma a evitar movimentos e ligue para o Centro de Informação Antiveneno.

 Fontes: INEN, FioCruz

Até a próxima


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Evite intoxicações acidentais



Intoxicações de forma acidental, podem ocorrer quer seja por descuido de adultos ou simplesmente porque as crianças gostam de brincar com coisas diferentes. 
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem: emcursos
A ingestão de produtos químicos pode colocar crianças ou adultos em risco de vida.

Por tudo isto convém levar em conta que:


> Os medicamentos e outros produtos químicos devem ser guardados num local seguro e de difícil acesso às crianças;

> Deve-se explicar às crianças o risco de se mexer em produtos perigosos e medicamentos;

> Não deve tomar nem dar medicamentos sem orientação e não exceder as doses prescritas;

> Não utilizar embalagens vazias para guardar outros produtos;

> Não aplicar raticidas ou naftalina em locais acessíveis às crianças;

> Ler as instruções de aplicação com cuidado e aplicar os produtos dentro das regras de segurança;

> Fechar as embalagens e guardar os produtos imediatamente após o uso;

> Não colocar produtos de uso doméstico junto de comidas e bebidas;

> Não dar embalagens vazias às crianças para brincar;

> Fechar as torneiras do gás após a sua utilização e tenha as instalações em bom estado;

> Não ter instalações de gás nos banheiros;

> Guardar em segurança as bebidas alcoólicas;

> Não esquecer que os perfumes, águas de colônia e loções para a barba podem ser soluções alcoólicas, pelo que devem ser devidamente guardados;

> Não ter plantas tóxicas dentro de casa ou no jardim, tendo crianças pequenas; 

Fonte: Destak

Até a próxima