Mostrando postagens com marcador hepatite. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador hepatite. Mostrar todas as postagens

sábado, 21 de janeiro de 2017

Cirrose - sintomas e tratamento


Apesar de conhecida, a cirrose é apenas o nome genérico a uma doença que transforma em tecido fibroso as células originais do tecido de um órgão. Ela ocorre como um processo cicatricial, que pode ser decorrente de diversos elementos agressores ao organismo. Quando isso acontece, o órgão perde a sua função, porque um tecido fibroso não apresenta em sua característica a possibilidade de desempenhar alguma função fisiológica. O tipo mais comum de cirrose ocorre no fígado, por isso o termo é usado para designar a fibrose que ocorre no órgão. Mas com a cirrose, seus sintomas e tratamento, não é tão simples assim.
 style=
Foto: Twitter
Entenda mais sobre a cirrose – sintomas e tratamento

A doença surge no fígado em decorrência de um processo progressivo e crônico de inflamações. Isso é o que acaba causando uma fibrose difusa no órgão, além da formação de nódulos e muito comumente a necrose do tecido celular. Este processo é o que acaba impendido a circulação do sangue que vai até o fígado, fazendo com que a pressão no interior da veia aumente consideravelmente. Estes problemas terminam ocasionando a insuficiência progressiva do fígado e pode chegar até a uma falência total do órgão.

Que sintomas a cirrose apresenta

A causa mais conhecida da cirrose hepática é o consumo excessivo de álcool. Entretanto, o consumo de qualquer outra substância que cause a inflamação que afeta o fígado pode resultar na doença. A cirrose leva algum tempo para apresentar algum sintoma, isso porque a parte do fígado que ainda tem saúde trabalha sozinha e em excesso para compensar a função que não vem sendo cumprida pela parte já afetada do órgão. Por conta da pressão na veia, podem surgir ainda sintomas como hemorragia digestiva, ascite, insuficiência hepática, icterícia, desnutrição, entre outros. Dependendo da evolução da doença também pode acometer o paciente náuseas, fadiga, fraqueza, unhas abauladas, eritema palmar e cãibras.

Como diagnosticar a doença
É muito difícil ocorrer o diagnóstico precoce da cirrose, já que a parte saudável do fígado passa um bom tempo compensando a falha da parte doente. Entretanto, o diagnóstico da cirrose sempre deve estar sob suspeita quando paciente apresentar indícios de insuficiência hepática. Exames de imagem podem ajudar no diagnóstico, mas somente uma biópsia do tecido hepático pode confirmar a cirrose. Quando ela já está estabelecida, geralmente são muito alteradas as provas de funções do fígado.

Opções de tratamento estão disponíveis para as complicações da cirrose:


➨ A endoscopia digestiva alta.

➨ Restrição de sal e líquido e retirar o excesso de líquido (paracentese).

➨Coagulopatia - produtos derivados do sangue ou de vitamina K.

➨ Os antibióticos e lactulose.

➨ Um procedimento da derivação portossistêmica transjugular intrahepatic chamado.

Quando a cirrose evolui para estágio final da doença hepática, os pacientes podem ser candidatos para um transplante de fígado.

Fonte: Textual Conteúdo, PozeMedicale.org




Até a próxima


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

O significado de alguns sinais dados pelo corpo


Pés congelados sem motivo? Arrepios constantes ou cabelos brancos prematuramente? São alguns dos sinais que o corpo humano emite para alertar de que há qualquer problema de saúde.
© Leggo.it

É importante não subestimar os pequenos detalhes que parecem aparentemente trivial.

1. Manchas na pele

É necessário controlar a exposição exagerada ao sol, que resultam em manchas na pele mais escura.

2. Os cabelos brancos antes dos 40 anos

Recomenda-se a controlar a diabetes.

3. Sobrancelhas curtas

Perder o cabelo a partir da borda externa das sobrancelhas é um sinal de hipotireoidismo. Bem como o seu cabelo muito fino.

4. Pés frios

Pode haver um problema de circulação ou uma anomalia, como a síndrome de Raynaud.

5.Manchas vermelhas nas palmas das mãos

Pode ser um sintoma de uma doença hepática.

6. Lábios rachados

É um sinal de falta de vitaminas B e zinco. Ou até mesmo uma infecção fúngica.

7. Pescoço inchado durante a noite

Pode prenunciar hipertireoidismo.

8. Arrepios

Quando você tem arrepios permanentes é um sintoma de queratina excessiva no corpo.

Fonte: leggo.it 

Até a próxima