Mostrando postagens com marcador envelhecimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador envelhecimento. Mostrar todas as postagens

sábado, 5 de agosto de 2017

Já são 36 milhões de cegos e estudo diz que pode triplicar até 2050



Os pesquisadores estimam que o número de pessoas com deficiência visual no mundo pode triplicar até 2050.

Os casos de cegueira parcial ou total pode chegar a 115 milhões em 2050, segundo projeções publicadas de pesquisas no início de agosto na revista The Lancet Global Health. Há possibilidade de triplicar o número de pessoas cegas no mundo em apenas trinta anos.
www.emagrecerumdesafio.com
© Reuters 

O estudo analisou a prevalência da cegueira e da deficiência visual em 188 países, entre 1990 e 2015, e faz projeções para 2020 e 2050.

A principal razão para este aumento substancial? A esperança de vida continua a crescer na maioria dos países e deve matematicamente ampliar os números de deficientes visuais.

Quanto aos problemas de visão moderada, estes afetam mais de 200 milhões de pessoas nos 188 países estudados pelos pesquisadores. Eles estimam que esse número chegará a 550 milhões em 2050. No entanto, " deficiência visual, mesmo leve pode ter um impacto significativo na vida de uma pessoa ", disse à BBC o autor principal do estudo, Rupert Bourne, da Universidade Anglia Ruskin, no Reino Unido. "Problemas de visão podem, por exemplo, impedir-nos de conduzir e, assim, reduzir a nossa independência."

Para minimizar tais riscos (e da cegueira evitável), os pesquisadores propõem a investir mais em certos tratamentos como cirurgia de catarata, e garantir que as pessoas tenham acesso a óculos corretivas apropriados.

Fonte: MSN/Saúde

Até a próxima


quarta-feira, 3 de maio de 2017

O que é sarcopenia?



Já ouviu falar na doença? O nome pode assustar a princípio. Refere-se à perda de músculos à medida que envelhecemos, não mé uma condição que queiramos participar, não é?
 title=
© Vitalis

Sarcopenia é uma doença associada ao processo de envelhecimento. Perda de massa muscular e força, que por sua vez afeta o equilíbrio, marcha e capacidade geral para realizar tarefas da vida diária, são sinais de destaque desta doença.

Os cientistas há muito acreditavam que perda muscular e outros sinais associados com o envelhecimento são um processo inevitável. No entanto, os pesquisadores estão procurando maneiras em que podemos retardar o processo de envelhecimento, especificamente em relação à perda de massa muscular e força.

Perda de massa muscular, força e função


Sarcopenia é, em seu sentido mais literal, a perda de massa muscular, força e função relacionadas ao envelhecimento. Estamos agora a descobrir que esta perda é um processo complexo e multifacetado. Mais comumente visto em pessoas inativas, mas também afeta aqueles que permanecem fisicamente ativos ao longo de suas vidas.

Isso indica que, embora um estilo de vida sedentário contribui para esta doença, não sendo o único fator.

Além disso, à medida que envelhecemos:

→ Os níveis hormonais mudam

→ Exigências de proteínas

→ Neurônios motores morrem

→ E tendemos a tornar-nos mais sedentários

Prevenção e tratamento

Estes fatores em combinação são o que se pensa causar sarcopenia. Os cientistas estão procurando formas de tratar e prevenir a progressão deste processo da doença desenvolvendo tratamentos que alvejem fatores individuais.

Em uma revisão da literatura, o agravamento da sarcopenia seguiu as tendências de perda de força muscular e de comprometimento do funcionamento diário. Em um estudo, a prevalência de sarcopenia aumentou dramaticamente com a idade de 4% dos homens e 3% das mulheres com idade entre 70 -75 a 16% dos homens e 13% das mulheres com 85 anos ou mais.

Mais importante ainda, quando a sarcopenia é associada a outras doenças associadas ao envelhecimento, seus efeitos podem ser ainda mais acentuados. A perda de massa muscular e força é um fator de risco significativo para a deficiência no envelhecimento da população. Mudanças ambientais podem diminuir o limite de incapacidade.

Quando os pacientes sofrem de sarcopenia e osteoporose, o risco de queda e subsequente incidência de fraturas é maior. Portanto, o tratamento da sarcopenia, por sua vez, ajudará a diminuir sua carga sobre doenças coexistentes.


Referências: iofbonehealth.org

Até a próxima

terça-feira, 25 de abril de 2017

Alimentação e exercício evitam envelhecimento precoce da pele




Uma alimentação adequada é essencial não só para prevenir as doenças crônicas, como as cardiovasculares e alguns tipos de câncer., mas também no que respeita a saúde da pele. 

www.emagrecerumdesafio.com
Fonte: Pixabay

Manter uma pele jovem e saudável é uma ambição comum. Contudo, à medida que envelhecemos, a pele tem maior dificuldade em lidar com o desgaste do dia-a-dia.

Para além dos nossos genes poderem ter influência na qualidade da nossa pele, existem fatores externos que podem ajudar a manter uma pele jovem durante mais tempo.

O envelhecimento da pele é um processo contínuo, fortemente determinado pelas influências decorrentes do envelhecimento intrínseco, do ambiente (exposição ao sol) e do estilo de vida (fatores como a fumaça do cigarro e a alimentação).

No que se refere à alimentação, é importante salientar que, para manter a saúde da pele, não é necessário evitar completamente qualquer alimento, nem ingerir um em particular. O importante é saber que uma dieta variada fornece os nutrientes necessários para a manutenção de uma pele bonita e saudável.

Os nutrientes que desempenham um papel crítico no normal funcionamento da pele são as vitaminas A, a vitamina C, a riboflavina, a niacina, a piridoxina, a vitamina E, o zinco e o selênio.

Uma dieta rica em frutas e legumes, com uma adequada ingestão de carnes magras, aves, peixes, ovos e ainda outras fontes de antioxidantes, é uma base fundamental.

Existem outras estratégias que pode adotar para ajudar a reduzir os danos na pele, nomeadamente:

Ingestão de líquidos

Ingerir no mínimo 6 a 8 copos de água ou infusões não açucaradas diariamente.

Sono reparadores

Demasiado stress pode afetar a saúde da pele. O sono é essencial para ajudar a evitar que a pele pareça cansada.

Não fumar

O tabagismo acelera o envelhecimento da pele, contribuindo para o aparecimento de rugas.

Beber álcool com moderação

O consumo excessivo de álcool pode causar desidratação. A pele desidratada é mais propensa a desenvolver rugas.

Ser ativo

Fazer atividade física dá mais brilho à sua pele.


Fonte: Revista Sauda


Até a próxima


sábado, 22 de abril de 2017

Importância de detectar precocemente os sintomas do AVC



O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma doença que afeta os vasos sanguíneos que irrigam o sistema nervoso central, apresentando-se de forma súbita e manifestando-se por vários sintomas neurológicos consoante a zona afetada.
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem: melhorsaude.org

Resulta quer da oclusão do vaso sanguíneo (AVC isquêmico, enfarte, trombose ou embolia) quer da rotura do mesmo (AVC hemorrágico, hemorragia ou hematoma).

Apesar de todos os esforços continua a ser a principal causa de mortes no mundo.


Dentro das causas apontadas temos vários fatores de risco que aumentam a probabilidade da sua ocorrência. A idade é o principal fator de risco não modificável - o envelhecimento aumenta a probabilidade de sua ocorrência é inevitável. No entanto existem vários fatores de risco que, por serem modificáveis com determinadas atitudes têm impacto na redução da ocorrência do AVC como a hipertensão arterial, o tabagismo, a diabetes, o sedentarismo e a dieta inadequada.

Dos tratamentos disponíveis para o AVC isquêmico mais eficaz apenas pode ser aplicado até as 4,5 a 6 horas após o último momento em que o doente foi visto bem. Ele diminui a probabilidade de dependência após o AVC e é tanto mais eficaz quanto mais cedo for administrado. Assim se percebe que quanto mais depressa os doentes chegarem ao hospital melhor poderá ser o prognóstico.

Diagnosticar um AVC é fácil e poderá alterar o futuro destas pessoas. São definidos 3 sinais de alerta que são os 3 F's: alteração da FALA, Assimetria da FACE ("Boca ao lado") e diminuição da FORÇA (de um lado do corpo quer seja membro superior ou inferior).

Perante qualquer um destes sintomas o próprio ou qualquer testemunha deverá de imediato ligar para o número de emergência e descrever com precisão o que está acontecendo, é muito importante ter em atenção à hora em que os sintomas se iniciaram. Por exemplo: se um familiar saiu de casa às 10 horas e o doente estava bem e voltou as 11 horas e encontrou o doente com alteração da fala então devemos aceitar como hora de início dos sintomas as 10 horas (que foi a última hora em que foi visto bem) e não as 11 horas (pois as manifestações podem ter tido início às 10:05 horas).

Dica

Um AVC pode acontecer sem causa aparente, para pessoas de qualquer idade - mas há fatores que reconhecidamente aumentam a probabilidade de isso acontecer.


Fontes: Associação AVC, Neurologia Hospital de Cascais, Stroke Association

Até a próxima


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Dicas perfeitas para cuidados do rosto


Uma pele bonita não necessita apenas de hidratação, mas também de uma limpeza profunda de manhã e à noite.

www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Pixabay

Limpar é o primeiro passo da rotina de cuidado diário do rosto. Gel de limpeza do rosto, loção, leite ou espuma de limpeza: é uma questão de preferência — e do seu tipo de pele. Se tem pele seca a sensível, use um leite de limpeza suave com ingredientes de hidratação.

Frioleft do aquecimento, exposição solar: a pele do rosto está frequentemente exposta a diversas influências externas. Nem todas estas são boas para si — algumas irritam a pele ou contribuem para o seu envelhecimento prematuro. Por isso, é importante proteger e hidratar diariamente a pele com um creme de qualidade, após limpar e tonificar a pele.

Assim que chegamos aos 30, a nossa pele perde os seus componentes ativos como o colágeno e ácido hialurônico, deixando a pele mais seca, acabando por perder volume. Como é óbvio, isto é um processo que não podemos evitar, no entanto com o creme anti-rugas certo, podemos melhorar a atividade celular da pele, dando-lhe um aspecto fresco e jovem.

A partir dos 40, a nossa pele torna-se cada vez mais fina e perde firmeza e elasticidade. Os primeiros sinais de pele madura ficam visíveis ao redor dos olhos e da boca. À medida que envelhecemos, a atividade celular nos nossos corpos diminui e a nossa pele regenera-se mais lentamente. Com a perda do colágeno da pele, o volume da pele madura diminui visivelmente após os 50 anos.

Nunca é demasiado cedo para começar a cuidar do seu rosto! Um hidratante protege a sua pele das influências externas e deixa-a com uma aparência radiante e fresca.

Fonte: Pingo Doce

Até a próxima


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Como amenizar e disfarçar a idade das mãos



Se você olha para as suas e percebe que, além de revelar a sua idade, elas representam muito mais do que deveriam, está na hora de começar a cuidar do rejuvenescimento das mãos. Afinal, não é apenas a idade que promove o envelhecimento dessa parte do corpo, alguns fatores como excesso de sol, cigarro, desgaste por exposição a produtos químicos envelhecem a pele e causam esse efeito enrugado e com manchas. A seguir você irá conferir como amenizar e disfarçar a idade das mãos para exibir um visual mais jovem e vibrante.

 title=
© memakai


O primeiro ponto é descobrir o que está causando o envelhecimento precoce da pele das suas mãos. Essa investigação pode ser feita junto a um médico dermatologista ou também seguindo dicas de um especialista em estética. Veja algumas dicas a seguir:

Não tem a ver com idade

A exposição da pele das mãos aos radicais livres acelera o envelhecimento cutâneo, mas muitas vezes é quase impossível evitá-los, sobretudo quando essa exposição ocorre no meio profissional. Portanto, se você mexe com máquinas pesadas, trabalha ao ar livre, manipula produtos químicos sem proteção, atua na cozinha, fuma ou passa muito tempo próxima de fumantes, tudo isso pode interferir. O ideal é usar luvas, mas quando isso não for possível, o tratamento deve ser constante para promover a esfoliação da pele morta e a hidratação do dorso das mãos – que é onde o envelhecimento mais se acentua.

Tratamento para amenizar e disfarçar a idade das mãos

Não há necessidade para pânico: o envelhecimento precoce das mãos tem solução na maioria dos casos. Quanto mais cedo procurar tratamento, melhor. As clínicas estéticas e dermatológicas oferecem ampla gama de produtos e técnicas modernas que eliminam manchas, reduzem as rugas e melhoram a elasticidade da pele resultando em mãos mais firmes e jovens.

Há cremes especiais para a saúde da pele das mãos, que são despigmentantes. Outras técnicas tem se tornado conhecidas como o congelamento com nitrogênio líquido e a luz pulsada, que são muito procuradas ainda para tratar o rosto embora tenham ótimo resultado nas mãos.

Em média estes tratamentos são procurados por pessoas acima de 40 anos, mas podem ser feitos em qualquer idade. Mesmo com tratamentos algumas manchas mais fortes e que prejudicaram mais a pele podem não sair, mas é importante realizá-lo mesmo assim, pois é possível prevenir mais manchas e fortalecer a pele por meio do tratamento.

Cuidados diários para evitar o envelhecimento precoce

Além dos tratamentos capazes de amenizar o problema de envelhecimento precoce das mãos, existem cuidados que podem ser tomados diariamente e reduzirão os efeitos dos radicais livres. Entre eles, algumas dicas básicas:

➞ Lave as mãos sempre. Não precisa chegar à obsessão, mas sujeira existe em todo o canto, então sempre que for mudar de tarefa, lave bem as mãos com sabonete e água corrente.

➞ Creme hidratante não deve faltar na sua nécessaire. Leve-o para todo o lugar, no trabalho ou na faculdade, na casa do namorado e antes de dormir: use o creme após lavar as mãos e mantenha a pele limpa e hidratada o dia inteiro. Isso irá ajudar a pele a se renovar sem apresentar os sinais da idade.

➞ Cuide da estética. Se não tem tempo para o salão durante a semana, faça as unhas em casa mesmo. O importante é mantê-las bem cuidadas. Isso ajudará a melhorar o aspecto das mãos, o efeito é de rejuvenescimento.


Fonte: Textual Conteúdo

Até a próxima


domingo, 11 de setembro de 2016

12 hábitos que nos envelhecem precocemente


Atualmente, as causas biológicas do envelhecimento ainda não são totalmente compreendidas. Alguns pesquisadores trataram no passado o envelhecimento como mais uma doença. No entanto, esta visão ainda não é consenso no meio científico.

O envelhecimento do organismo é geralmente caracterizado pela diminuição da capacidade de responder a estresses biológicos. Estes desafios em geral oneram a capacidade funcional de nossos órgãos e sistemas, que diminui com o passar dos anos.
elfandarilha
© Pinterest                                         © Lew Robertson/Corbis

Envelhecer é inevitável, no entanto podemos alterar determinados hábitos que possam cooperam para o retardamento do envelhecimento, confira.

Os doces

Se nunca diz que não a uma sobremesa, pode estar a dizer sim a mais rugas. O açúcar aumenta o envelhecimento. Comer uma dieta rica em açúcar pode prejudicar a sua linha, aumentando também o risco de diabetes, e pode causar problemas de pele, especialmente acne e rugas. A melhor opção seria o chocolate escuro com baixo teor de açúcar, ou se precisa usar adoçantes, considere o fruto monge, um adoçante natural que não aumentar o açúcar no sangue.

Passar a noite acordado

Ficar até tarde faz parte da rotina da adolescência. "O sono de beleza é um mito verdadeiro, a privação do sono faz com que as pálpebras fiquem cansadas e pálidas", diz o Dr. Allen Towfigh , um médico de medicina do sono credenciado e neurologista afiliado com Weill Cornell Medical Center/New York Presbyterian Hospital. "Este hábito é pouco saudável, para determinar a quantidade de sono que tem de somar o número de horas de sono que durante um período de duas semanas e dividir por 14".

Guardar rancor

Se é incapaz de esquecer o passado e não consegue seguir em frente, pode estar a envelhecer mais rapidamente. Um estudo mostra relação entre o perdão e a saúde física. Um estudo publicado no Journal of Behavioral Medicine de 2005 mostrou que a falta de perdão aumenta a atividade nervosa, contribuindo para um maior número de medicamentos tomados e uma diminuição da qualidade do sono. "Cortisol contribui para o ganho de peso, aumenta a pressão arterial, aumenta o açúcar no sangue e aumenta o risco de diabetes". Aprenda a lidar com as desilusões, e aposte na sua saúde física e mental. 

Fazer exercício apenas quando quer perder peso

Se o seu plano de exercícios começa a cada 01 de janeiro e dura apenas até que se sinta magro, você pode estar enganando a si mesmo. Muitos estudos mostram que o exercício regular ajuda a prevenir doenças relacionadas com a idade e prolonga a vida útil. "O exercício diário ajuda os níveis mais baixos de cortisol e aumenta hormônios benéficos como a testosterona", diz Landa. Controla também a pressão arterial, melhora o humor e mantém-nos forte e flexível à medida que envelhecemos. " O American College of Sports Medicine recomenda 30 minutos de atividade na maioria dos dias da semana".

Fumar

Uma clara ligação entre o fumo e longevidade existe, e quanto mais cedo parar mais anos pode adicionar à sua vida. Um estudo publicado no American Journal of Public Health, em 2002, mostrou que os fumantes que param aos 35 anos adicionam cerca de oito anos para a sua vida, em comparação com as pessoas que continuam a fumar. Os fumadores que param aos 65 anos adicionam entre dois a quatro anos de longevidade. "Os fumantes têm maiores riscos de qualquer doença sob o sol, incluindo câncer, doenças cardíacas, demência e morte prematura em geral.

Esfregar os olhos

Olhos cansados? Evite esfregar os olhos, se quiser ficar mais jovem. Esfregar os olhos quebra o colágeno e a elasticidade em torno da área, que produz rugas e trincas capilares. " A pele é incrivelmente fina e extremamente sensível e vulnerável a danos causados ​​pelo sol e aparecem as rugas", diz o Dr. Dennis Gross, um dermatologista e fundador da 900 5 Dermatologia em New York City. "É por isso que esfregar os olhos pode resultar em capilares quebrados". Para alívio os olhos cansados ​​ou irritados, em vez de esfregá-los, tente colocar dois saquinhos de chá verde frios sobre os olhos por 10 minutos. Se está preocupado com capilares quebrados, olhe para os ingredientes que formam o colágeno. A aplicação de cremes que contêm vitaminas K e D, bem como incluí-los como parte de uma dieta equilibrada, também pode ajudar.

Beber álcool em excesso

Uma quantidade moderada de álcool tem benefícios saudáveis para o coração, mas um excesso encurta a sua vida, de acordo com um estudo publicado na edição de janeiro 2013 Alcoholism: Clinical & Experimental Research. Mulheres dependentes de álcool apresentaram 4,6 vezes mais uma elevada taxa de mortalidade em comparação com a população em geral; homens alcoólatras têm um risco quase duas vezes maior de morrer mais cedo do que a média dos homens. O excesso de álcool pode levar a insuficiência cardíaca e pressão arterial elevada, bem como a cirrose do fígado e ganho de peso. A American Heart Association recomenda que os homens se limitam de um a dois drinques por dia, e um drinque por dia para as mulheres. 

Efeito sanfona

Fique jovem ao atingir um peso corporal saudável. Perder e recuperar o peso aumenta o risco de doenças cardíacas e diabetes, segundo um estudo de 2012 publicado no The Journals of Gerontology, Série A, Ciências Biológicas e Ciências Médicas. No estudo, 80 mulheres com sobrepeso e obesas seguiram uma dieta de cinco meses, perdendo uma média de 11,3 kg. Os homens recuperaram uma média de 32% do peso perdido durante o ano seguinte. As mulheres que recuperaram peso tinham aumentado os níveis de LDL ("mau colesterol") , colesterol total, dos níveis de insulina e as medições de resistência à insulina, um precursor da diabetes. Os níveis após a recuperação do peso eram piores do que antes que as mulheres fizeram dieta. Aconselhamento dietético e um programa de manutenção pode ajudar.

Dormir com o rosto virado para o travesseiro

Dormir com o rosto para o travesseiro pode fazer com que envelheça mais depressa. " Pressionando persistentemente o seu rosto num travesseiro provoca um trauma na pele ", diz o dermatologista Gross. Ao longo do tempo, este trauma, agravado pelo atrito de uma fronha de algodão, pode criar vincos permanentes. A capacidade da pele para se regenerar também é comprometida pela circulação deficiente para a parte da face pressionado para dentro do travesseiro, diz Gross.

Não consegue aliviar o stress

Quando foi a última vez que tirou férias para relaxar? Os homens que vivem estilos de vida com alta tensão para um número de anos têm uma taxa de mortalidade de 50% mais elevada, de acordo com um estudo de 2011 do Journal of Aging Research. O estudo contabilizou cerca de 1.000 homens saudáveis ​​e os estudou por um período de 18 anos. Ter mais de dois grandes eventos de vida por ano foi suficiente para aumentar o risco de mortalidade . O stress crônico está ligado a muitas doenças, incluindo cardiovasculares, asma e doenças auto-imunes, de modo que tomar medidas para aliviar o stress pode ajudar a reduzir o seu risco. A Clínica Mayo recomenda o uso do " quatro As" para relaxar: a fonte de stress, alterar a sua reação a ele, aceitar as coisas como elas são ou adaptar mudando as suas expectativas.

Alimentar-se de forma pouco saudável

Comer fast food tem níveis insalubres de sódio, gordura e colesterol no seu organismo, o que aumenta o processo de envelhecimento e aumenta a probabilidade de obesidade. "Com o ganho de peso vem um maior risco de doenças cardiovasculares e diabetes", diz Amy Goodson, um especialista credenciado em dietética do esporte. Evitar alimentos processados ​​e comer mais alimentos integrais reduz a quantidade de açúcar adicionado e gordura na sua dieta e diminui esses riscos. "Alimentos integrais não são transformados, também são ricos em fibras, pelo que promove o baixo colesterol", diz Goodson. Os ácidos graxos como o ômega-3 encontrados em peixes (salmão, truta, atum), nozes e linhaça também ajuda a diminuir a inflamação no corpo e promover a pele saudável e reduzir o desenvolvimento de rugas .

Não beber muita água

Aumentar a quantidade de água que bebe todos os dias pode ser a chave para uma pele mais jovem. A água é essencial para manter a umidade da pele e ajuda a fornecer nutrientes essenciais, diz a nutricionista Goodson. "A água ajuda a rejuvenescer as células mais rapidamente. No reverso, a perda de hidratação na pele pode causar ressecamento, sensação de aperto, descamação e tende a fazer parecer mais velha", diz ela. A pele seca tem menos capacidade de resistência e é mais propensa a rugas, o que pode fazer parecer mais velho. Além de água potável, Goodson recomenda comer alimentos ricos em teor de água, tais como pepinos, tomates, abóbora e berinjela, que tem mais de 90% de água.

Fonte: MSN/Saúde

Até a próxima


terça-feira, 24 de maio de 2016

Atividade física e envelhecimento


O envelhecimento não é um estado, é um processo natural e irreversivelmente progressivo pelo qual todos os seres humanos passam.
www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Shutterstock

Neste âmbito, surge um conceito muito interessante: o envelhecimento ativo.

A noção de envelhecimento ativo abrange todos os domínios: o físico, o mental e o social. E inclui as tarefas congnitivas, os encontros sociais e as atividades físicas que se decide fazer, de forma a promover o aumento da autonomia, do bem-estar e da qualidade de vida.

Os benefícios e impacto positivo da prática regular de exercício físico são de tal forma abrangentes na vida das pessoas mais idosas, que se tornaram numa marca constante do discurso médico a cada consulta. Se pensarmos que é um meio para melhorar a força, o equilíbrio, a coordenação, a flexibilização, a resistência, a saúde mental, o controle motor e a função cognitiva, facilmente percebemos a razão.

Reforce a musculatura

Sabia que as quedas são a maior causa de incapacidade? O reforço muscular e o desenvolvimento do equilíbrio são capacidades essenciais, que um plano de exercício orientado ajuda a desenvolver e que podem contribuir, de forma muito efetiva, para minimizar o risco de quedas.

Combata a solidão

Quando as pessoas optam por se aposentar é natural que surja uma tendência para algum sedentarismo e isolamento. A prática de uma atividade física poderá ser um importante aliado na adaptação a novas rotinas. E é igualmente relevante ao nível da motivação e sentimento de conquista.

Experimente

Comece com 30 minutos de marcha ou outro tipo de atividade aeróbica (contínua ou acumulada durante o dia).

Pelo menos duas vezes por semana, inclua exercícios de promoção de força muscular. Em academia, opte por exercícios em equipamentos de musculação com carga adequada; em casa ou no exterior, use o peso corporal.

Qualquer exercício a que se proponha deve ser divertido. Por que não reunir um grupo de amigos ou familiares, em dois ou três horários durante a semana? Também pode optar por aulas de grupo na academia.

Deve sempre iniciar a sua atividade física com um bom aquecimento e terminar com um plano de alongamentos. Ambos são imprescindíveis para o aumento da sua mobilidade e autonomia.

Fonte: Saúda

Até a próxima


segunda-feira, 6 de julho de 2015

Benefícios do Colágeno


O colágeno é uma substância muito importante no nosso corpo, não apenas em termos estéticos, porque diminuiu a celulite, estrias, fortalece unhas e cabelos ou porque ameniza o aparecimento de flacidez e rugas. E sim, porque entre os benefícios do colágeno está a sua importância para os ligamentos, cartilagens, ossos e tendões, uma vez que é ele quem dá sustentação às células.
Foto: organichealth.co/
Resumindo, a principal função do colágeno é dar firmeza à pele. A substância é uma proteína fabricada naturalmente em nosso organismo, representando em torno de 25% de toda proteína presente no corpo. No entanto, com o passar do tempo, por volta dos 30 anos, a produção do colágeno cai, diminuindo 1% por ano, sendo necessária a sua reposição.

Flacidez:

É mais fácil evitá-la do que combatê-la com alimentação rica em proteínas e dieta balanceada, exercícios físicos, uso de cremes que aumentam o tônus e a hidratação e evitar efeito sanfona.


Quais são as melhores vitaminas para repor colágeno



Para que o organismo não sofra com a falta dos benefícios do colágeno, alguns especialistas afirmam que é necessário usar suplementos para a reposição. Outra forma de repor a substância para se mantenha a função do colágeno no organismo, é comendo os alimentos que possuem as vitaminas para repor colágeno. Confira quais são eles:

Proteínas magras 

Estimulam a fabricação do colágeno, como as carnes vermelhas magras, fígado bovino, carneiro, frango, peru, peixes, queijos magros e ovos.

Vitaminas C

Ajuda na síntese da substância, sendo encontrada principalmente em frutas, como o kiwi, laranja, tangerina, abacaxi, acerola, goiaba, limão, morango e caju, além do pimentão.

Vitaminas A

Reforça a produção da proteína. Obtenha ao comer cenoura, couve, pimentão vermelho, manga, abóbora, batata doce, bife de fígado, ostras, gema de ovo, queijos magros e leite.

Vitamina E

É antioxidante e potencializa a ação do colágeno. Está presente nos óleos vegetais, como os de palma, amendoim, milho, girassol e soja (opte pelos óleos não transgênicos), no azeite de oliva, nozes, gérmen de trigo, vegetais de folhas verdes, grãos integrais, peixes e no kiwi.

Cobre

Estimula a produção de colágeno. Encontra-se no cacau em pó, açúcar mascavo, lentilha, aveia, amêndoa, castanha do Pará, brócolis e cogumelos.

Silício

Aumenta a produção da substância. Está na aveia, cevada, avelã, feijão, salsa, pinhão, pepino, cebola, alho, alcachofras, morango, mel e banana.

Selênio

Potencializa a síntese da proteína, sendo encontrado nas ostras cruas, camarão, salmão, fígado, frango, farelo de trigo, farinha de centeio, avelã, semente de girassol secas e castanha do Pará.

Zinco

Também potencializa e você pode comer castanha do Pará, aveia, farelo de trigo, grão de soja, carne de aves, boi, carneiro, porco, fígado de boi, leite e ostras para ingeri-lo.


Referências: Textual Conteudo



Até a próxima



terça-feira, 9 de junho de 2015

Viver a menopausa com tranquilidade


O relógio biológico vai avançando e chega uma altura em que os ovários deixam de produzir hormônios, e a menstruação cessa. Quando isto acontece chegou a menopausa. Esta é uma fase natural da vida de uma mulher, mas não deve ser vista nem vivida como uma fase má. Pelo contrário, esta etapa deve ser atravessada com tranquilidade.
www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Ultrafarma
As alterações decorrentes da interrupção da produção de hormônios pelos ovários vão dar origem a mudanças em termos físicos e psicológicos. Entre os muitos sintomas associados à menopausa, as mulheres queixam-se, frequentemente, de afrontamentos (flashes de calor), suores, irritabilidade, humor depressivo, secura vaginal, diminuição do desejo sexual, insônias, dores de cabeça, alterações ao nível da pele que potenciam o envelhecimento cutâneo (por exemplo fragilidade cutânea, sensação de pele seca, acne), entre outros sinais.

Nesta fase, e como consequência da interrupção da produção de hormônios (sobretudo de estrogênio), é comum assistir-se a uma diminuição da densidade óssea, aumentando o índice de osteoporose e, consequentemente, de fraturas ósseas. Assim sendo, é importante a prática de atividade física, de forma a fortalecer os ossos e a impedir a perda óssea. No entanto, nem todas as atividades físicas são apropriadas em caso de osteoporose, sendo preferíveis os exercícios com caminhar e correr.

É importante prestar atenção também à forma como a alimentação se reflete nas novas transformações corporais e hormonais no corpo da mulher. Muitos dos sintomas referidos podem transformar a sua atividade diária. Entretanto, um alimentação rica e variada pode contribuir para atenuar alguns destes sintomas e reduzir a fragilidade óssea, nomeadamente através da ingestão de alimentos contendo cálcio, como leite e derivados, espinafres, brócolis, couve chinesa, tofu, entre outros.

Sintomas e sinais da menopausa

➤ Irregularidades no ciclo menstrual
➤ Afrontamentos
➤ Suores sobretudo noturnos
➤ Dores de cabeça
➤ Incontinência urinária
➤ Secura vaginal
➤ Perturbações no sono
➤ Aumento de peso
➤ Dores articulares
➤ Mudanças de humor, depressão e ansiedade.

Afrontamentos

A menopausa é uma fase que todas as mulheres devem compreender e sobre o qual devem estar informadas, para que possam lidar com as alterações do corpo com tranquilidade. Muito temidos, os afrontamentos, tal como os suores noturnos, são os sintomas mais característicos. Os afrontamentos e restantes sintomas podem surgir dois a dez anos antes da última menstruação e prolongar-se durante vários meses após o última ciclo menstrual.

O que é a terapia hormonal de substituição?

Quando a função dos ovários cessa, e com a consequente diminuição  dos níveis de hormônios femininos, podem surgir várias alterações  físicas e psicológicas. Estas podem ser atenuadas ou diminuídas  através da Terapêutica Hormonal de Substituição (THS), ou seja, através da adminsitração de hormônios, por diversas vias, consoante o caso e as necessidades individuais, com ações semelhantes às dos próprios hormônios produzidos naturalmente  pelos ovários. Trata-se de repor artificialmente o défice hormonal que caracteriza a menopausa, permitindo que o organismo feminino se adapte progressivamente à nova situação.

A THS pode proporcionar uma melhora significativa de sintomas como a secura e atrofia vaginal, os suores e afrontamentos, prevenindo também a perda de massa óssea, diminuindo o risco de osteoporose. Tendo em conta que a menopausa é, também, responsável pela alteração na pele que potenciam o envelhecimento, este tratamento pode, ainda, exercer um efeito benéfico adicional a nível da pele retardando o envelhecimento. No entanto, a THS também acarreta riscos, podendo aumentar o risco  de alguns cânceres (por exemplo, mama e ovários) e de Acidente Vascular Cerebral (AVC), pelo que cabe ao médico informá-la acerca destas questões e ponderar antes de iniciar o tratamento.

Caso esteja entrando na menopausa, não se esqueça que deve ser acompanhada regularmente por um ginecologista. Este profissional irá avaliar as várias alterações que ocorrem nesta fase e ponderar a possibilidade de introdução da THS.

Fonte: Revista Farmácias Portuguesas.



Até a próxima


quinta-feira, 21 de maio de 2015

Alimentos que colaboram na prevenção à perda de memória


A revista Neurology publicou um estudo que procura explicar a relação entre a dieta saudável e a prevenção à perda de memória. 
www.emagrecerumdesafio
Getty Images / Getty Images
Segundo os investigadores uma dieta saudável contém grandes quantidades de verduras, peixe, frutos secos e um moderado consumo de carne vermelha e álcool. Uma dieta saudável foi informada pelos investigadores, são alimentos que podem ajudar a alcançar o equilíbrio necessário.

Maçã

É uma fonte de fibra, antioxidantes, potássio e vitamina C e só tem aproximadamente 50 calorias.

Quinoa

Contém boa dose de proteína e ajuda a formar músculos. Os grãos como arroz, centeio, aveia, milho, cevada, quinoa, millet, kamut e amaranto, sustentam dão saciedade por mais tempo.

Mirtilos

São conhecidos como superalimentos por ajudarem a combater o colesterol. Além de que, assim como os morangos e framboesas, contém grandes quantidades de antioxidantes.

Frutos secos

Geralmente são associados à altas calorias, mas muitos estudos recomendam o seu consumo várias vezes durante a semana, para prevenir doenças do coração. Por exemplo, amêndoas  contém fibras e gorduras monosaturadas.

Espinafres

Um grupo de cientistas da Suécia descobriu recentemente que os componentes deste vegetal aumentam a eficiência da mitocôndria, que produz a energia das células humanas. É também grande fonte de ferro.

Brócolis

Alimento muito fácil de encontrar, contém muitos nutrientes para aumentar a longevidade. Com apenas 30 calorias é um dos alimentos com mais nutrientes.

Aspargos

São fontes de ácido fólico e ajudam a nos manter longe das depressões. O ácido fólico é importante para a síntese da dopamina e serotonina, essenciais para o estado de ânimo.


Referências: MSN Saúde e bem-estar


Até a próxima


quarta-feira, 20 de maio de 2015

Baixo peso afeta muito os idosos



Quem acredita no mito de que após uma certa idade é normal comer menos, que só a sopa e o pão com queijo são suficientes para garantir os nutrientes diários, engana-se.

www.emagrecerumdesafio.com
Imagem daqui


Envelhecer não significa deixar de ouvir as seguintes recomendações: não fique mais de três horas sem comer e não pule refeições; tome sempre o café da manhã, beba pelo menos 8 copos de água por dia, mesmo que não sinta sede; coma frutas todos os dias, inicie sempre a refeição principal com um prato de sopa. Diminua ingestão de sal pela substituição por ervas aromáticas, e alimentos com alto teor de gordura e açúcar só nos dias de festa, como explica a cientista Célia Lopes.

Mastigar devagar é uma regra de ouro, e se ao envelhecer deixamos, em muitos casos de ter a dentição completa, devemos garantir uma correta mastigação pela adequação da consistência dos alimentos a cada idoso. Devido à falta e por vezes por causa da dentadura, as pessoas com mais idade toleram melhor alimentos moles e fáceis de mastigar, mas isso não significa que apenas comam sopas. Devem ser recomendadas refeições apetitosas e fáceis de confeccionar.


A alimentação no envelhecimento deve ser mantida igual à de um adulto. Deve fornecer os nutrientes necessários para o dia a dia, tais como as proteínas, os carboidratos e os lipídios, sem esquecer as vitaminas e minerais. Entretanto existem exceções, já que as recomendações para a população em geral não têm em conta alterações do metabolismo e o processo de fragilidade por vezes associado ao envelhecimento.


Prevenir o estado de fragilidade no idoso



O baixo peso acarreta a subsequente fragilidade, aumenta o risco de dependência de terceiros, diminui a mobilidade, podendo chegar à morte.

Fatores a ter em conta são a perda de peso não intencional, o cansaço, a diminuição da força muscular, situações de mobilidades e baixos níveis de atividade física. Assim é importante questionar o idoso sobre se sente fadiga, se tem dificuldade em subir uma escada,se tem dificuldade em andar um quarteirão, se tem mais de cinco doenças crônicas e se perdeu peso não intencionalmente nos últimos 6 meses. 

Consoante as respostas a estas questões, pode verificar-se que se está na presença de uma síndrome de fragilidade do idoso. Nunca é demais lembrar que a perda de peso só é aceitável nas dietas de emagrecimento e não apenas porque envelhecemos!

A fraqueza no idoso pode ser reversível, desde que se adeque a sua alimentação às necessidades nutricionais específicas desta faixa etária (proteínas, vitamina D, energia) e que se associe um programa de atividade física adaptado às capacidades individuais de cada um. 

As necessidades proteicas para um idoso saudável são as mesmas que para um adulto, sendo recomendada a ingestão diária de cerca de 46g para as mulheres e 56g para os homens. No entanto em algumas situações poderá ser necessário um aumento da ingestão proteica, sendo recomendado o aumento da ingestão de proteínas para, pelo menos, 70g por dia. 

O aumento das necessidades prende-se com a diminuição da massa muscular, presença de doenças crônicas e com algumas alterações do metabolismo (aumento do catabolismo proteico) específicas do envelhecimento.

No entanto, apesar de existir um aumento nas necessidades, sabe-se que habitualmente as pessoas mais idosas ingerem diariamente menos proteínas que um adulto.

Ingerir menos proteína do que o recomendado pode levar à perda de massa muscular, com impacto negativo na capacidade funcional e ao comprometimento do sistema imunitário, enquanto o aumento da ingestão está associado à prevenção do desenvolvimento de fraqueza. Adequar a alimentação e suplementar, sempre que necessário, é essencial para prevenir e tratar estados de fragilidade.

Por tudo isto, os profissionais de saúde não devem promover o aconselhamento de dietas excessivamente restritivas, que levam ao desenvolvimento de fraqueza no idoso e muitas vezes ao declínio cognitivo e ao aumento do risco de quedas, dependência e mortandade, devendo ter ainda em atenção a revisão da polimedicação e do seu impacto negativo na absorção de alguns nutrientes que podem comprometer o estado nutricional. 

A identificação de idosos em risco de desnutrição e subsequente encaminhamento para a consulta de nutrição e dietética constitui, cada vez mais, um papel importante do farmacêutico. 

Quem tem mais de 65 anos e quer continuar a viver 100% bem, não pode, por tudo isto, descuidar da sua alimentação, tão essencial para a vida como o ar que respira.

Referências: Revista Farmácias Portuguesas


Até a próxima


quarta-feira, 29 de abril de 2015

28 curiosidades sobre o cabelo


www.emagrecerumdesafio.com
© Robert Daly/Getty Images


Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores. Os cabelos não servem só como um aliado estético (dando forma e valorizando o rosto) mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares e da abrasão mecânica. Também podem ser um indicativo de diversas doenças que se manifestam alterando sua estrutura.

Possui a mesma estrutura de todos os pelos do corpo humano, porém tem suas particularidades. O cabelo é um fio queratinizado que cresce na pele dos mamíferos. A haste do cabelo é a parte do fio que emerge do couro cabeludo. Podemos dividir o cabelo em três partes: cutícula, córtex e medula.

Com diferentes níveis do pigmento melanina, os cabelos naturais são basicamente das seguintes cores: loiros, ruivos, castanhos e pretos. Entretanto, podem ser tingidos e adquirirem praticamente todos os tipos de cores. A falta de melanina nos cabelos humanos provoca uma cor esbranquiçada nos cabelos, podendo ser processo decorrente do envelhecimento ou fator genético, como o albinismo.

A seguir 28 fatos insólitos sôbre o cabelo.


1-   É impossível saber o sexo de uma pessoa através do cabelo.

2-  A estrutura do núcleo do fio de cabelo humano pode revelar informações sobre tudo o que já esteve na corrente sanguínea, incluindo drogas. Mais informações sobre o assunto leia aqui .

3-  O ser humano tem cerca de 5 milhões de cabelos no corpo. 

4-  Todos os folículos de cabelo são formados até aos 5 meses de gestação. 

5-  O cabelo pode esticar até 30 por cento do seu comprimento original quando molhado.

6-  A cor de cabelo mais comum em todo o mundo é a cor preta. O cabelo loiro representa 2% da população. 

7- Vermelho é a cor mais rara do mundo, representando apenas 1% da população.

8-  Cada vez que um cabelo cai, vai voltar a crescer. Ele pode fazer isso até 20 vezes numa vida.

9-  Depois da medula óssea, o cabelo é o segundo crescimento mais rápido do tecido do corpo.

10-  90% dos cabelos estão sempre em fase de crescimento.

11-  Você sabia que o cabelo loiro estava associada com a prostituição na Grécia antiga?

12-  Os gregos acreditavam que as pessoas ruivas iam tornar-se vampiras depois da morte. 

13-  Os egípcios foram os primeiros a fazer a depilação. 

14-  Tricoptilose é o termo científico para pontas duplas.

15  A população escocesa tem a maior percentagem de ruivos do mundo - cerca de 13%.

16-  É normal cair entre 40 a 150 fios de cabelo por dia.

17-  O cabelo africano cresce mais lentamente e é mais propenso a danos do que demais tipos de cabelo.

18-  O tempo quente estimula o crescimento do cabelo, enquanto que o tempo frio inibe.

19-  A cabeça não têm uma camada de gordura, por isso os tufos de cabelo atuam como isolamento.

20-  Se um homem não raspar a barba em toda a sua vida, ela vai crescer aproximadamente entre 30 e 35 metros.

21-  Em média, um homem adulto vai gastar cinco meses de toda a sua vida a raspar a barba.

22-  A peruca loira custa mais três vezes que a peruca morena.

23-  Um fio de cabelo pode suportar até 100 gramas de peso. Em média, uma pessoa tem cerca de 100 mil fios de cabelo na cabeça-forte o suficiente para levantar o peso de dois elefantes!

24- Pessoas louras têm mais pêlos em seu corpo do que as pessoas com cabelos escuros.

25-  A sua raiz do cabelo, localizado por baixo do couro cabeludo, é a única parte do cabelo que é vivo.

26-  Um único fio de cabelo tem uma vida útil de cerca de cinco anos.

27-  Ficamos arrepiados porque os estímulos contraem os folículos do pelo.

28-  Ninguém tem o cabelo completamente liso. Todos os tipos de cabelo tende a enrolar, (ainda que levemente) à medida que crescem. A única diferença é que em algumas pessoas, ocorre a um grau maior do que outras, dando-lhes o cabelo encaracolado.

Referências: MSN lifestylle

Até a próxima