Mostrando postagens com marcador colesterol. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador colesterol. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

O antioxidante mais eficaz no mundo


Tem sido demonstrado que este ingrediente seria o mais poderoso antioxidante natural, pode limpar as artérias e diminuir o colesterol ... Para ser consumido sem moderação!
www.emagrecerumdesafio.com
© Thinkstock

O antioxidante natural mais eficaz: limpa as artérias e reduz o colesterol.

Era uma planta simbólica para os antigos gregos e romanos que acreditavam que o manjericão continha poderes de reconciliação. No norte da Europa e no Haiti está associada ao amor. Não há hoje aldeia grega onde não paire nos ares o doce perfume do basílico (Ocymum minimum), também conhecido por greek basil.

Há muitas pessoas que sofrem de problemas de colesterol e coração. Estes problemas são normalmente tratados com drogas, no entanto, também existem hábitos saudáveis que permitem que você cuide de si todos os dias. O que você precisa fazer é consumir quantidades regulares de uma planta muito comum: o manjericão.

Manjericão é uma planta espessa que, além de reduzir o colesterol, limpa as artérias e é um potente antibiótico natural e antioxidante. Para isso, por muitos é considerado o rei das ervas. Basil precisa crescer e se desenvolver em climas quentes e tropicais. Especialistas afirmam que há mais de 60 variedades, divididas em diferentes tipos. Para resultados mais eficazes contra o colesterol, você deve comê-lo frescos.

Seu alto teor de vitamina K, de fato, regular o mau colesterol e previne a formação de coágulos sanguíneos. Além disso, ele tem altas concentrações de vitamina A, vitamina C, antioxidantes que impedem que os vasos sanguíneos sofram o dano causado pelos radicais livres.

Em suma, para consumir sem moderação!

Fonte: Tribe Greedy/MSN

Até a próxima

sábado, 24 de junho de 2017

A batata-doce… razões para incluí-la na nossa alimentação



Originária dos Andes, a batata-doce possui diversas variedades. Algumas têm a polpa branca, outras mais alaranjada ou arroxeada.
www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Pingo doce
► Possui vitamina C, B6, beta-caroteno e manganês, com diversas propriedades anti-inflamatórias e ajuda também a evitar artrites.

► Devido ao seu alto teor de fibra solúvel, auxilia na redução tanto do açúcar no sangue como no do colesterol.

► É rica em antioxidantes, assim enriquece o sistema imunológico.

► Emagrece e aumenta a massa muscular, graças à sua capacidade de diminuir o apetite e liberar a glicose no sangue de forma mais lenta.

Como cozinhá-la

É muito apreciada pelos esportistas e não só. É que, além de deliciosa e energética, tem inúmeros benefícios para a saúde. Conheça-a melhor.

A batata-doce pode ser frita, cozida, assada e até mesmo ser feita no microondas, sendo a mesma indispensável para a preparação de alguns doces. No entanto, se procura uma refeição saudável, é recomendável não fritar a batata (só irá aumentar a gordura da mesma).

Escolher e guardar

Ao comprar escolha os exemplares que estejam firmes. Pode armazená-las por algumas semanas, desde que esteja em local fresco e seco.

Evite a geladeira, pois o frio tornará a sua polpa mais dura, e mantenha-as longe das cebolas, já que se estiverem juntas ambas se deterioram mais rapidamente.

Preparar

A batata-doce pode ser difícil de descascar devido ao formato irregular. O mais fácil é cozinhá-las com a casca, depois de bem lavadas, claro, e descascá-las depois. Cozinhá-las desta forma também ajuda a preservar os nutrientes.

Batata-doce caseira?

Pode cultivar batata-doce em casa. Basta escolher uma batata com brotos a nascer, mergulhar metade em água e deixar à luz, trocando a água de vez em quando. Quando se começarem a formar rebentos, retire-os e coloque-os em água, mais uma vez, até crescerem, passando-os depois para a terra. Ficam especialmente bem num vaso suspenso.

Receitas deliciosas com batata-doce

Mais doce do que a sua “prima” convencional, a batata-doce acrescenta um toque especial a sopas ou guisados, purés e outros pratos em que tradicionalmente usaria a batata branca.

A forma mais simples de a apreciar é mesmo simplesmente cozida, mas há quem não a dispense assada no forno. Fáceis de fazer é chips de batata-doce no microondas ou no forno.

O segredo é fatiar a batata em rodelas muito fininhas, dispô-las numa folha de papel toalha e levar ao microondas na potência máxima (3 minutos, de um lado e 2 minutos do outro, aproximadamente), temperando depois com sal e pimenta a gosto. Ou então, fazê-las no forno (15 minutos de cada lado), temperando com azeite e ervas aromáticas.

Dica microondas: Se optar por cozinhá-la inteira no microondas, faça-lhe previamente alguns furos com um garfo para liberar o vapor que se forma durante a confecção e evitar que a casca rebente.

Fontes: SapoLifestylle, Pingo Doce
Até a próxima

terça-feira, 21 de março de 2017

Vantagens de substituir carne vermelha por peixe


Uma grande parte da população tem o hábito de comer peixe apenas em algumas ocasiões, sem uma frequência grande. Fatores como hábitos culturais e questões financeiras afetam o consumo de peixe, que é baixo em comparação com outras carnes. Porém, há várias vantagens de substituir carne vermelha por peixe, conferira.

www.emagrecerumdesafio.com
Foto: yakutia.aero
 

1. Nutrição

Uma das vantagens de substituir carne vermelha por peixe está relacionada à nossa nutrição. Nesse aspecto, o peixe apresenta muitas vantagens em relação à carne vermelha. Isso porque o peixe é rico em cálcio, iodo, fósforo e vitaminas A, B e D, além de ofertar uma média de 20 gramas de proteína para cada 100 gramas da carne branca.

A carne vermelha apresenta um pouco mais desses benefícios, mas tem contra ela o fato de ter muita gordura saturada e colesterol. Quem quiser substituir completamente a carne vermelha por peixe continuará muito bem-nutrido, além de contar com outros benefícios inerentes ao consumo de peixes.

2. Campeão em ômega-3

Os peixes ganham de todas as outras carnes por serem alimentos que apresentam grande quantia de ômega-3, uma gordura benéfica que ajuda na prevenção de várias doenças, além de ser muito importante no combate ao colesterol, na diminuição de índices de triglicerídeos e no controle da pressão alta.

3. Menos infartos

O coração é o principal beneficiado pelo consumo do ômega-3, sendo indicada sua ingestão até mesmo para quem está com o coração em dia. Isso porque a substância que é rica no peixe inibe a formação de trombos, um processo que precipita a obstrução da artéria e pode resultar em um infarto agudo. A ingestão de dois filés de peixe grandes por semana, por exemplo, pode já reduzir o risco de morte por conta de problemas no coração.

4. Substâncias benéficas no sangue

Quem sofre com hipertensão leve, que ainda não depende de medicamento, pode ser muito beneficiado pelo consumo de peixes, que reduzem a taxa de triglicerídeos e do colesterol. Além disso, outra vantagem é que o ômega-3 dos peixes ainda altera as membranas das células sanguíneas, tornando o sangue mais fluido e, assim, reduzindo a pressão arterial.

Quem já sofreu um ataque cardíaco pode ainda diminuir o risco de um novo evento com o consumo do peixe. O ômega-3 ainda tem uma função importante na formação do sistema nervosos central, podendo ser eficaz até mesmo na prevenção do mal de Alzheimer.

5. Melhorias na respiração

O consumo do peixe e seus nutrientes também resulta em melhoras no aparelho respiratório, ajudando no tratamento de doenças como bronquite, asma e outras alergias. Portanto, consumir peixe é sinônimo de respirar melhor.

Basta consultar um nutricionista para criar um cardápio em que o peixe passe a entrar no lugar das outras carnes.


Fonte: Textual Conteúdo


Até a próxima


domingo, 27 de novembro de 2016

Importância nutricional do grão de bico e seus benefícios


O grão de bico é uma leguminosa saborosa e que nem sempre está presente na mesa dos brasileiros. O preço do alimento é alto, chega a ser cinco vezes mais caro que o feijão, e este pode ser um dos motivos de sua exclusão do cardápio diário. Porém o grão de bico acaba valendo à pena se medirmos o custo benefício, pois pagar mais caro por um produto que é rico de nutrientes desde a casca até seu recheio diariamente trará muitos benefícios a sua saúde e de sua família. Nesse artigo você vai conhecer melhor as propriedades do grão de bico e seus benefícios para a saúde.
Foto: Pixabay

Além dos benefícios nutricionais, o grão de bico pode ainda ajudar a emagrecer, pois suas fibras dão sensação de saciedade. Se você ainda tem dúvidas sobre os benéficos do grão de bico, saiba porque vale à pena incluí-lo na alimentação diária.

Seus benefícios

O grão de bico é um legume rico em proteínas, sais mineiras e vitaminas do complexo B, isso valoriza a importância culinária e nutritiva do alimento. A sua quantidade de amido, faz com que o organismo utilize o grão de bico também como fonte de energia. Além disso, por ter poucos sal e água, o grão de bico tem pouco efeito no colesterol e pode ser comido sem esta preocupação. A cada 100 gramas de grão de bico, existem seis gramas de fibras solúveis que também eliminam açúcares e gorduras, além do colesterol. Sua casca também é importante, pois a celulose presente estimula o funcionamento do intestino.

Grão de bico anti-doenças

Foi comprovado cientificamente que o grão de bico previne doenças cardiovasculares e é uma fonte de ferro forte contra a anemia. Além disso, o cálcio, o magnésio e os minerais presentes na leguminosa agem como anticorpos no organismo, protegendo de pequenos resfriados a outras preocupações. Em outras palavras, o grão de bico fortifica o corpo.

O triptofano presente no grão de bico nos proporciona uma reação difícil de se conseguir com outros alimentos. A partir do triptofano, a serotonina é liberada e acontece a ativação de pontos cerebrais responsáveis pela sensação de bem-estar, satisfação e confiança. O grão de bico também é indicado para fortalecer bebês que estão começando a ingerir comida.

Versatilidade do grão de bico para a culinária

Com o grão de bico adicionado a sua alimentação diária, além de garantir benéficos para saúde, você nunca cairá na rotina, pois o alimento oferece muitas opções de receitas e opções para integrar o cardápio diário. A leguminosa propicia muitas combinações deliciosas. Na salada e acompanhando carnes são as melhores opções para o dia a dia.


Fonte: PontoXP

Até a próxima


sábado, 24 de setembro de 2016

Estudos recentes confirmam benefícios do vinho


Sabe de onde veio o brinde “à sua saúde”? Da antiga Grécia, quando era habitual o anfitrião ser o primeiro a provar o vinho para assegurar aos convidados que este não estava envenenado.

Mas mesmo sem venenos, o brinde continua atual, já que não há dia em que não apareça um novo estudo a demonstrar os benefícios desta bebida tão nobre. Há uma pequena percentagem de pessoas que tem medo de vinho – chama-se enofobia – mas mostramos-lhe que não há mesmo razões para tal.

Foto: Pixabay

Já todos ouvimos dizer que um copo de vinho por dia não faz mal a ninguém, que até faz bem à saúde. Será verdade? Descubra o que dizem os mais recentes estudos sobre os benefícios do vinho.

Benefícios do vinho ao longo da História

As suas origens são imemoriais. O Antigo Testamento diz que é Noé o primeiro a plantar uma vinha, mas de certo sabemos apenas que o vinho terá surgido depois dos homens se tornarem sedentários e que os vestígios mais antigos datam de cinco a seis mil anos a.C. Pode ter acontecido por acaso: um punhado de uvas amassadas deixadas a um canto e o processo de fermentação a ocorrer naturalmente…

Sabemos ainda que o vinho era sagrado desde cedo: os egípcios davam-no em oferenda aos deuses e era usado em celebrações pelos gregos e romanos, que o associaram ao deus Dionísio e Baco, respectivamente. Hipócrates, o pai da medicina ocidental, era um grande defensor do vinho, que usava para desinfetar feridas, aliviar as dores de parto das mulheres, tratar a diarreia e a astenia. Já o apóstolo Paulo, na carta a Timóteo, menciona o consumo ocasional e moderado de vinho para ajudar a digestão.

• Sabia que? Nos tempos antigos beber vinho era mais seguro do que beber água, uma vez que não havia tratamento de águas e estas eram frequentes fonte de infecções?

• Sabia que para consumir a mesma quantidade de resveratrol presente num copo grande de vinho tinto precisaria comer 1 kg de uvas pretas?

Benefícios do vinho à luz da ciência moderna

Foi preciso esperar até ao século XX para dissecar as entranhas do vinho com espírito científico. Em 1940 foi isolado pela primeira vez o resveratrol, um fitoquímico produzido pelas plantas para combater fungos e bactérias, e que faz do vinho (e de outros alimentos como uvas, amendoins e mirtilos) um alimento com propriedades medicinais.

Não parou de ser estudado desde então, descobrindo-se que, além do resveratrol, o vinho tem outros componentes que fazem bem à saúde, como os taninos, as procianidinas e o ácido gálico.

Os suplementos não mostram ter a mesma eficácia do que os alimentos naturais, pelo que o ideal é fazer do consumo de alimentos benéficos, como vegetais, frutas e vinho em doses moderadas, uma parte do estilo de vida.

Estes são alguns dos benefícios do vinho (em doses moderadas) mencionados em estudos recentes:

• Tem potencial quimiopreventivo em vários tipos de câncer, graças à ação do resveratrol.

•  Aumenta o “bom” colesterol (HDL) e baixa o “mau” (LDL).

•  Tem efeitos anti-inflamatórios.

•  Tem propriedades antioxidantes e anti-envelhecimento.

•  Previne a demência. Um estudo publicado no The Journal of Neuropsychiatric Disease and Treatment concluiu que os consumidores moderados de vinho tinto tinham menos 23% de risco de ter demência.

•  É bom para a pele. Estudos mostram que consumir resveratrol pode ajudar a inibir o crescimento das bactérias do acne e outro mostrou que os flavonoides do vinho ajudam a proteger a pele dos danos do sol.

•  Contribui para a saúde cardiovascular, graças às procianidinas.

•  Ajuda a viver mais tempo, sugerem investigadores de Harvard.

•  Ajuda a reduzir em 30% o risco de diabetes tipo 2.

•  Pode ajudar a prevenir constipações.

•  Pode ajudar a reduzir a depressão.

A dose certa

Afinal o vinho faz bem à saúde ou não? Vários estudos indicam que sim, que é benéfico. Faz parte, inclusive, da nossa Dieta Mediterrânea. No entanto, este é um dos casos em que mais não é melhor. O vinho deve ser consumido de forma moderada. Os efeitos benéficos do vinho serão maiores consumindo doses pequenas. E o que é uma dose moderada? Um copo de vinho por dia para as mulheres e dois para os homens.

Quem conhece vinhos sabe que cada um tem a sua personalidade, aroma e particularidades. É isso que faz com que determinados vinhos fiquem melhor com determinados pratos e com que alguns sejam mais indicados para uma ou outra ocasião. No entanto, há muitos mitos que se formam e que nem sempre correspondem à realidade.

O vinho tinto não se deve beber fresco

Claro que deve. O vinho tinto deve ser servido entre os 16º e os 18º. No entanto, no verão os 16º parecem mais frescos do que no Inverno. Quem serve o vinho tem de ter a preocupação de manter a temperatura ideal.

O vinho branco é só para o peixe

Não. Apesar de continuar a ser uma crença bastante enraizada, a verdade é que hoje em dia, com a quantidade de vinhos que existem, essa regra não se aplica. Assim, é possível conjugar um branco com carne e um tinto com peixe, mas depende dos vinhos, uma vez que é sempre necessário criar harmonias.

Todos os vinhos devem respirar

Todos os vinhos beneficiam do contato com o ar que faz com o vinho liberte os seus aromas. No entanto, não basta abrir a garrafa meia hora antes de servir. Se o quer fazer de forma correta, tem de decantar o vinho. Se não tiver o decantador, deixe o vinho respirar no copo.

Seja responsável, beba com moderação.

Fonte: Pingo Doce

Até a próxima


domingo, 18 de setembro de 2016

O que é e quais são os benefícios do leite vegetal para a saúde


Devido ao maior número de pessoas com intolerância à lactose, aumentou a oferta de opções para substituir o leite de vaca nas refeições. Mesmo pessoas sem o problema apostam nos alimentos que não são de origem animal.
Foto:  Pinterest

Produzidas através da adição de água a vegetais triturados (nomeadamente cereais, frutos secos e leguminosas), estas bebidas, embora ricas em termos nutricionais, não são equivalentes ao leite de origem animal. O tipo de proteína é completamente distinto. No leite de vaca, as proteínas são completas, ou seja, possuem todos os aminoácidos essenciais.

Os benefícios para saúde são muitos

Além de ser uma alternativa nutritiva e saudável ao leite tradicional, os produtos de origem vegetal são ricos em minerais e fibras. Também são aliados no combate a uma série de problemas de saúde, como colesterol alto e diabetes.

Quem deseja apostar no leite vegetal pode, ainda, conseguir o produto a partir de diferentes alimentos, como da aveia, que é rica em vitaminas B e E, cálcio, ferro, potássio, cobre, zinco, selênio, magnésio e manganês. Também conta com fibras solúveis que controlam a glicemia e combate a aterosclerose (problema de artéria).

O leite vegetal pode ser feito a partir também da linhaça, castanha, arroz, amendoim, semente de abóbora, quinua cânhamo, sésamo, cevada, amêndoas e outros. Hoje em dia, é possível encontrar em lojas especializadas essa grande variedade e leites vegetais.

Além disso, podem ser tomados puros e também ser usados no preparo de vitaminas. Vale lembrar, entretanto, que não é indicado ferver esses leites, apenas aquecê-los.

Leite de soja

Considerado a principal alternativa ao leite de vaca, o leite de soja é o mais comum. É, portanto, de valor calórico mais reduzido que o leite de vaca e uma boa opção para perder peso. Sendo de origem vegetal, não contém colesterol nem lactose mas é, nutricionalmente, menos rico que o leite de vaca.

Leite de linhaça

É um dos substitutos do leite de vaca, sendo que entre as suas principais vantagens, estão: a ajuda que oferece ao intestino, que funciona melhor, e a melhora do sistema imunitário, devido às substâncias bioativas que possui e que combatem muitas doenças. A linhaça também funciona como anti-inflamatório e reduz a gordura do sangue.

Leite de castanha de caju

O principal benefício é o fortalecimento dos vasos sanguíneos. O seu diferencial é o fornecimento de proteínas, além de agir na diminuição da hipercolesterolemia (doença genética que se caracteriza pela dificuldade em remover o colesterol do sangue).

Leite de nozes

É outra oleaginosa com a qual se pode fazer leite vegetal, grande aliada do sistema respiratório. Esse alimento fortalece o sistema nervoso e a sua gordura é uma das mais saudáveis para o organismo.

Leite vegetal de amendoim 

Amendoim é outra especiaria, que combate os radicais livres do organismo, por ser um poderoso antioxidante.

Leite de quinua

Fonte de proteínas e riquíssimo em aminoácidos e vitaminas. 

Leite de semente de Abóbora

Leite provindo da semente de abóbora é fonte de cálcio, ferro e fósforo.

Leite de gergelim

Ajuda no bom funcionamento do cérebro e músculos, além de contar com ácido fólico, entre outros nutrientes.

Sabia que ...?

O leite de cabra o mais consumido a nível mundial?


Fonte: Textual Conteúdo, Sapo LifeStyle


Até a próxima

domingo, 11 de setembro de 2016

12 hábitos que nos envelhecem precocemente


Atualmente, as causas biológicas do envelhecimento ainda não são totalmente compreendidas. Alguns pesquisadores trataram no passado o envelhecimento como mais uma doença. No entanto, esta visão ainda não é consenso no meio científico.

O envelhecimento do organismo é geralmente caracterizado pela diminuição da capacidade de responder a estresses biológicos. Estes desafios em geral oneram a capacidade funcional de nossos órgãos e sistemas, que diminui com o passar dos anos.
elfandarilha
© Pinterest                                         © Lew Robertson/Corbis

Envelhecer é inevitável, no entanto podemos alterar determinados hábitos que possam cooperam para o retardamento do envelhecimento, confira.

Os doces

Se nunca diz que não a uma sobremesa, pode estar a dizer sim a mais rugas. O açúcar aumenta o envelhecimento. Comer uma dieta rica em açúcar pode prejudicar a sua linha, aumentando também o risco de diabetes, e pode causar problemas de pele, especialmente acne e rugas. A melhor opção seria o chocolate escuro com baixo teor de açúcar, ou se precisa usar adoçantes, considere o fruto monge, um adoçante natural que não aumentar o açúcar no sangue.

Passar a noite acordado

Ficar até tarde faz parte da rotina da adolescência. "O sono de beleza é um mito verdadeiro, a privação do sono faz com que as pálpebras fiquem cansadas e pálidas", diz o Dr. Allen Towfigh , um médico de medicina do sono credenciado e neurologista afiliado com Weill Cornell Medical Center/New York Presbyterian Hospital. "Este hábito é pouco saudável, para determinar a quantidade de sono que tem de somar o número de horas de sono que durante um período de duas semanas e dividir por 14".

Guardar rancor

Se é incapaz de esquecer o passado e não consegue seguir em frente, pode estar a envelhecer mais rapidamente. Um estudo mostra relação entre o perdão e a saúde física. Um estudo publicado no Journal of Behavioral Medicine de 2005 mostrou que a falta de perdão aumenta a atividade nervosa, contribuindo para um maior número de medicamentos tomados e uma diminuição da qualidade do sono. "Cortisol contribui para o ganho de peso, aumenta a pressão arterial, aumenta o açúcar no sangue e aumenta o risco de diabetes". Aprenda a lidar com as desilusões, e aposte na sua saúde física e mental. 

Fazer exercício apenas quando quer perder peso

Se o seu plano de exercícios começa a cada 01 de janeiro e dura apenas até que se sinta magro, você pode estar enganando a si mesmo. Muitos estudos mostram que o exercício regular ajuda a prevenir doenças relacionadas com a idade e prolonga a vida útil. "O exercício diário ajuda os níveis mais baixos de cortisol e aumenta hormônios benéficos como a testosterona", diz Landa. Controla também a pressão arterial, melhora o humor e mantém-nos forte e flexível à medida que envelhecemos. " O American College of Sports Medicine recomenda 30 minutos de atividade na maioria dos dias da semana".

Fumar

Uma clara ligação entre o fumo e longevidade existe, e quanto mais cedo parar mais anos pode adicionar à sua vida. Um estudo publicado no American Journal of Public Health, em 2002, mostrou que os fumantes que param aos 35 anos adicionam cerca de oito anos para a sua vida, em comparação com as pessoas que continuam a fumar. Os fumadores que param aos 65 anos adicionam entre dois a quatro anos de longevidade. "Os fumantes têm maiores riscos de qualquer doença sob o sol, incluindo câncer, doenças cardíacas, demência e morte prematura em geral.

Esfregar os olhos

Olhos cansados? Evite esfregar os olhos, se quiser ficar mais jovem. Esfregar os olhos quebra o colágeno e a elasticidade em torno da área, que produz rugas e trincas capilares. " A pele é incrivelmente fina e extremamente sensível e vulnerável a danos causados ​​pelo sol e aparecem as rugas", diz o Dr. Dennis Gross, um dermatologista e fundador da 900 5 Dermatologia em New York City. "É por isso que esfregar os olhos pode resultar em capilares quebrados". Para alívio os olhos cansados ​​ou irritados, em vez de esfregá-los, tente colocar dois saquinhos de chá verde frios sobre os olhos por 10 minutos. Se está preocupado com capilares quebrados, olhe para os ingredientes que formam o colágeno. A aplicação de cremes que contêm vitaminas K e D, bem como incluí-los como parte de uma dieta equilibrada, também pode ajudar.

Beber álcool em excesso

Uma quantidade moderada de álcool tem benefícios saudáveis para o coração, mas um excesso encurta a sua vida, de acordo com um estudo publicado na edição de janeiro 2013 Alcoholism: Clinical & Experimental Research. Mulheres dependentes de álcool apresentaram 4,6 vezes mais uma elevada taxa de mortalidade em comparação com a população em geral; homens alcoólatras têm um risco quase duas vezes maior de morrer mais cedo do que a média dos homens. O excesso de álcool pode levar a insuficiência cardíaca e pressão arterial elevada, bem como a cirrose do fígado e ganho de peso. A American Heart Association recomenda que os homens se limitam de um a dois drinques por dia, e um drinque por dia para as mulheres. 

Efeito sanfona

Fique jovem ao atingir um peso corporal saudável. Perder e recuperar o peso aumenta o risco de doenças cardíacas e diabetes, segundo um estudo de 2012 publicado no The Journals of Gerontology, Série A, Ciências Biológicas e Ciências Médicas. No estudo, 80 mulheres com sobrepeso e obesas seguiram uma dieta de cinco meses, perdendo uma média de 11,3 kg. Os homens recuperaram uma média de 32% do peso perdido durante o ano seguinte. As mulheres que recuperaram peso tinham aumentado os níveis de LDL ("mau colesterol") , colesterol total, dos níveis de insulina e as medições de resistência à insulina, um precursor da diabetes. Os níveis após a recuperação do peso eram piores do que antes que as mulheres fizeram dieta. Aconselhamento dietético e um programa de manutenção pode ajudar.

Dormir com o rosto virado para o travesseiro

Dormir com o rosto para o travesseiro pode fazer com que envelheça mais depressa. " Pressionando persistentemente o seu rosto num travesseiro provoca um trauma na pele ", diz o dermatologista Gross. Ao longo do tempo, este trauma, agravado pelo atrito de uma fronha de algodão, pode criar vincos permanentes. A capacidade da pele para se regenerar também é comprometida pela circulação deficiente para a parte da face pressionado para dentro do travesseiro, diz Gross.

Não consegue aliviar o stress

Quando foi a última vez que tirou férias para relaxar? Os homens que vivem estilos de vida com alta tensão para um número de anos têm uma taxa de mortalidade de 50% mais elevada, de acordo com um estudo de 2011 do Journal of Aging Research. O estudo contabilizou cerca de 1.000 homens saudáveis ​​e os estudou por um período de 18 anos. Ter mais de dois grandes eventos de vida por ano foi suficiente para aumentar o risco de mortalidade . O stress crônico está ligado a muitas doenças, incluindo cardiovasculares, asma e doenças auto-imunes, de modo que tomar medidas para aliviar o stress pode ajudar a reduzir o seu risco. A Clínica Mayo recomenda o uso do " quatro As" para relaxar: a fonte de stress, alterar a sua reação a ele, aceitar as coisas como elas são ou adaptar mudando as suas expectativas.

Alimentar-se de forma pouco saudável

Comer fast food tem níveis insalubres de sódio, gordura e colesterol no seu organismo, o que aumenta o processo de envelhecimento e aumenta a probabilidade de obesidade. "Com o ganho de peso vem um maior risco de doenças cardiovasculares e diabetes", diz Amy Goodson, um especialista credenciado em dietética do esporte. Evitar alimentos processados ​​e comer mais alimentos integrais reduz a quantidade de açúcar adicionado e gordura na sua dieta e diminui esses riscos. "Alimentos integrais não são transformados, também são ricos em fibras, pelo que promove o baixo colesterol", diz Goodson. Os ácidos graxos como o ômega-3 encontrados em peixes (salmão, truta, atum), nozes e linhaça também ajuda a diminuir a inflamação no corpo e promover a pele saudável e reduzir o desenvolvimento de rugas .

Não beber muita água

Aumentar a quantidade de água que bebe todos os dias pode ser a chave para uma pele mais jovem. A água é essencial para manter a umidade da pele e ajuda a fornecer nutrientes essenciais, diz a nutricionista Goodson. "A água ajuda a rejuvenescer as células mais rapidamente. No reverso, a perda de hidratação na pele pode causar ressecamento, sensação de aperto, descamação e tende a fazer parecer mais velha", diz ela. A pele seca tem menos capacidade de resistência e é mais propensa a rugas, o que pode fazer parecer mais velho. Além de água potável, Goodson recomenda comer alimentos ricos em teor de água, tais como pepinos, tomates, abóbora e berinjela, que tem mais de 90% de água.

Fonte: MSN/Saúde

Até a próxima


domingo, 14 de agosto de 2016

Proteína de soja e seus benefícios


A proteína de soja ganhou fama em especial graças aos adeptos de um cardápio vegetariano, que eliminaram a ingestão de carne vermelha, principalmente. Como as carnes são as grandes fontes de proteína das dietas tradicionais e sendo esse nutriente indispensável para uma vida saudável, a proteína de soja é uma alternativa para quem também deseja eliminar a proteína animal do seu dia-a-dia.
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem: indiamart

Mas devido à proteína de soja e seus benefícios diversos, mesmo quem não abdicou da carne pode fazer uso desse alimento que integra o grupo das leguminosas com alto valor nutricional. Além de proteínas, a soja possui vitaminas e minerais em quantidades superiores a outros grãos. Para atletas que precisam aumentar a ingestão de proteínas, comer os derivados da soja é uma maneira de alcançar esse objetivo sem ter que comer mais alimentos de origem animal.

Por que comer proteína de soja

Confira os benefícios de usar proteína de soja no dia-a-dia e torná-la presença certa no seu cardápio:

→ Assim como a gordura presente em outros grãos, a da soja é isenta de colesterol, não aumentado a sua quantidade no organismo, diferente da gordura animal.

→ Usar proteína de soja é fácil, ela é encontrada de diversas formas: grão, farinha, extrato (leite de soja), proteína texturizada (carne de soja) e também em muitos outros produtos, como óleos vegetais, massas e biscoitos.

→ Seu consumo frequente previne e ajuda no tratamento de doenças, graças à presença de fito-hormônios (hormônio de origem vegetal), entre eles, as isoflavonas ou isoflavonóides.

→ Por não colaborar com o aumento do colesterol ruim (LDL) e por seu efeito antioxidante, previne doenças cardiovasculares.

→ Reduz o risco de câncer se usado com frequência, entre eles, o de mama, cólon, pulmão, estômago, próstata e reto.

→ Previne a osteoporose devido ao cálcio que existe nos seus derivados (tofu e leite de soja enriquecido, entre outros), além disso, a soja ajuda a conservar o cálcio do organismo.

→ Controla diabetes, reduzindo a absorção de glicose para a circulação sanguínea.

→ Alivia sintomas da menopausa devido as suas propriedades semelhantes ao estrógeno humano, podendo substituir o uso de hormônios sintéticos.

Por mais que a soja seja um alimento imprescindível para a saúde, por outro lado, atualmente, grande parte de sua produção é feita com sementes transgênicas, o que pode causar problemas em longo prazo para o organismo, além de ser uma técnica de produção maléfica aos produtores rurais.

Dessa forma, quando proceder a compra do alimento procure-o em feiras orgânicas ou lojas especializadas em produtos orgânicos, assim, evitando problemas futuros para o seu corpo e para o meio ambiente. Além disso, evite consumi-los por meio de produtos industrializados.

Fonte: Textual conteúdo

Até a próxima


quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mãos frias, alimentos a evitar



Uma grande parte da população, especialmente o grupo das mulheres e dos idosos, sente frio nas extremidade(sobretudo nas mãos e nos pés) mesmo que a temperatura ambiente (e corporal) seja normal, sem oscilações.
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem: Pixabay

Costuma sentir frio nas mãos? Saiba que alimentos deve eliminar da sua dieta alimentar.

Esta sensação de frio deve-se a uma circulação periférica deficiente, para além da exposição a temperaturas frias, e agrava-se depois das refeições e à noite, quando está a dormir.

O que comer e beber? 

Alimentos ricos em vitamina C, para melhorar a circulação (citrinos, morangos, verduras de folha verde, alho, pimentão, gengibre).

Alimentos ricos em vitamina E, para estimular e fortalecer os capilares (frutos secos, brócolis, abacate e cereais integrais).

Infusões bem quentes de gengibre, que sobem a temperatura do organismo.

O que reduzir ou evitar?

Há que eliminar os alimentos ricos em gordura, que dificultam a circulação sanguínea (enchidos, patés, fritos, manteiga); e, logicamente, alimentos ricos em colesterol (gema de ovo, pastelaria industrial, cremes, molhos e laticínios gordos, que são mais ricos em gordura).

Um bom conselho

As extremidades podem ficar frias por causa de uma circulação periférica deficiente, que pode melhorar com alimentos ricos em vitamina C. 


Fonte: Prevenir em Sapolifestyle

Até a próxima


domingo, 15 de maio de 2016

Propriedades medicinais da casca de laranja



Nem todo mundo pode saber, mas existem muitas propriedades medicinais da casca de laranja. A fruta cítrica é bastante consumida, no entanto, a sua casca, em geral, é descartada, sem receber a atenção que merece. Entre os benefícios medicinais da casca de laranja estão: ajuda na digestão, alivia e evita infecções, além de diminuir o colesterol e até mesmo pode colaborar no tratamento de alguns tipos de câncer.
www.emagrecerumdesafio.com
PontoXP

Além das propriedades medicinais da casca de laranja, ela também funciona como repelente de insetos e para a limpeza própria como a de casa. Sem contar que outra das dicas de uso para a casca de laranja é nos tratamentos de beleza.

Confira como funcionam todos os benefícios medicinais da casca de laranja e demais usos:

Digestão: a casca da fruta possui mais fitonutrientes e flavonoides do que na polpa, por isso, é um poderoso remédio natural para a digestão. Também diminui problemas gastrointestinais, como azia, flatulência, enjoo e diarreia.

Infecção: entre as dicas de uso para a casca de laranja está preparar chás quando a pessoa estiver com resfriados e gripes. A sua quantidade de vitaminas A e C, que são antioxidantes naturais, é suficiente para fortalecer o sistema imunológico, melhorado a saúde. Assim, a casca é uma grande aliada no combate às infecções. Os seus benefícios se estendem ao tratamento da asma, além de diminuir casos de tosse.

Colesterol e triglicerídeos: os níveis do colesterol ruim podem ser reduzidos com a ingestão da casca porque ela possui hesperidina, um flavonoide, bem como flavonas polimetoxiladas e pectina, os quais possuem a função de reduzir o LDL. Também evita o aumento dos triglicerídeos.

Câncer: o flavonoide hesperidina, por ser anti-inflamatório, pode colaborar no tratamento de alguns tipos de câncer de mama e inibir a perda de medula óssea. Outra substância encontrada na casca, o d-limoneno, é responsável pela proteção da pele, evitando que a incidência dos raios ultravioleta cause câncer de pele. Também previne o câncer de cólon e a osteoporose, graças ao hesperedina que possui.

Beleza: a casca da laranja também previne o surgimento de cravos, acne e rugas. Se usado durante o banho também vai liberar aromas refrescantes. É indicado, ainda, para diminuir a oleosidade da pele.

Repelentes: a casca repele formigas, pernilongos e outros insetos.

Limpeza: devido a sua acidez é ótima para a limpeza, podendo ser usada em sabões, pastas de dente e outros produtos de higiene pessoal, assim como em produtos de limpeza doméstica.


Fonte: PontoXP

Até a próxima


quinta-feira, 21 de abril de 2016

Azeite virgem extra: um aliado precioso contra o diabetes



A batalha contra a diabetes pode começar graças ao "azeite extra-virgem: suas propriedades naturais permitem reduzir o açúcar no sangue e aumentar a insulina usando o mesmo mecanismo de ação da mais recente geração de drogas anti-diabéticos. E "de acordo com um estudo publicado pela dell'Università Sapienza di Roma, publicado em sua revista Diabetes & Nutrição".
www.emagrecerumdesafio.com
Fonte Pixabay
Os resultados mostraram os efeitos de um azeite extra virgem em particular (proveniente da área montanhosa da província de Viterbo) na prevenção e tratamento da diabetes. A investigação mostra que, de fato, 10 gramas de dia extra virgem que afetam o metabolismo com mecanismo semelhante a nova geração de fármacos, ou seja, as incretinas, hormônios naturais produzidos no trato gastrointestinal para reduzir o nível de glicose no sangue.

A pesquisa, conduzida no Policlínico Umberto I em Roma, analisou a tendência de açúcar e gordura no sangue de 25 pessoas saudáveis ​​que receberam uma dose diária de 10 gramas de azeite como parte de uma dieta do tipo Mediterrânea.

Os resultados revelam que o azeite extra virgem reduz os valores de glicose no sangue e insulina: ele faz isso, aumentando significativamente os hormônios incretinas e reduz o colesterol, resultados que não são obtidos, por exemplo, com o óleo vegetal.

O experimento foi então realizada em uma amostra de pacientes com diabetes e os primeiros resultados já de mostraram encorajadores. No futuro, haverá uma terceira fase do estudo com o desenvolvimento de uma terapia obtidas a partir de azeite extra virgem, que pode oferecer antidiabéticos alternativos, completamente naturais e sem efeitos secundários .

"Embora estes dados são úteis para entender o mecanismo pelo qual o azeite previne diabetes - explica o coordenador do estudo, Francesco Violi - A redução da glicose no sangue pós-prandial e colesterol abre novos caminhos para o uso de óleo de azeite na prevenção de complicações cardiovasculares, da aterosclerose. Estudos recentes, de fato, têm mostrado que o pico pós-prandial de glicose e colesterol são potencialmente prejudiciais em pacientes em risco de complicações ateroscleróticas; reduzir a quantidade pode, portanto, ser benéficas no tratamento de aterosclerose e suas complicações, tais como ataque cardíaco e acidente vascular cerebral".

Fonte: OK Salute

Até a próxima


terça-feira, 5 de abril de 2016

Como ter uma cesta básica saudável


A cesta básica é encarada como um benefício para o trabalhador, já que colabora para minimizar os gastos com alimentação. O modelo atual de cesta básica não contempla toda a diversidade de nutrientes necessários para uma alimentação saudável, no que se refere aos macro e micronutrientes. Tampouco é suficiente, na maioria dos casos, para alimentar todos os dependentes de quem a recebe. Mas como ter uma cesta básica saudável?
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem PontoXP

O atual modelo de cesta básica conta com pouco arroz, muito óleo, ausência de carnes, frutas, legumes ou vegetais. Por outro lado, a cesta traz excesso de colesterol, gorduras trans e açúcares, presentes nos biscoitos, bolos e outros supérfluos por vezes incluídos de modo a tornar o conjunto de alimentos mais atraente.

Instruções de como ter uma cesta básica saudável

São 13 os itens da cesta básica do brasileiro: carne, leite, feijão, arroz, farinha, batata, tomate, pão, café, banana, açúcar, óleo e manteiga. Mas para quem quer dar início a uma nova alimentação, mais sadia, alguns itens podem ser substituídos por opções mais saudáveis. É o caso da batata e do tomate, por exemplo.

A batata e o tomate são da família das solanáceas, que é uma família de plantas tóxicas. Elas agridem as juntas e a mineralização (processo em que os componentes orgânicos são substituídos por constituintes minerais) dos ossos. Outra boa saída é produzir em casa alguns desses alimentos que os nutricionistas propõem. É o caso do Ghee (que substitui a manteiga), do leite de amêndoas e do pão integral. Fica mais em conta. Existem modelos de cestas básicas que oferecem produtos mais especializados, como com baixo teor de gordura ou de glúten, mas dificilmente são os modelos escolhidos por empresas, por exemplo, já que apresentam um custo elevado.

Outra faceta importante da cesta básica é ter se tornado, ao longo dos anos, um parâmetro econômico. O próprio Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) utiliza a cesta básica em diversos estudos para aferir, por exemplo, quanto se trabalha nas distintas regiões do país para poder adquiri-la.

Pronto, agora que você conhece as principais características da cesta básica, é importante considerar as nossas dicas para que você e sua família tenham todos os nutrientes necessários a partir dos alimentos consumidos diariamente. Caso você tenha pouco dinheiro disponível, pesquise formas de substituir determinados alimentos sem a necessidade de gastos exorbitantes, para não comprometer a alimentação de quem consome os produtos da cesta básica.

Fonte: Textual Conteúdo

Até a próxima

domingo, 27 de março de 2016

Como controlar o colesterol alto?


A gordura que circula no nosso sangue e integra todas as nossas células, tornando-as mais fluidas e permitindo a entrada e saída de substância, chama-se colesterol. Ele é essencial para garantir a atividade do sistema nervoso e a síntese de hormônios, porém quando em excesso, essa gordura não se move na corrente sanguínea, pois as artérias ficam obstruídas e torna-se prejudicial à saúde.
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem PontoXP

O colesterol alto (ou LDL como é chamado na medicina) é o percursor da aterosclerose e pode causar complicações cardiovasculares muito sérias, além de causar indisposição para as atividades cotidianas mais simples, como subir escadas ou uma caminhada mais longa. O nível de colesterol total ideal para se viver sem preocupações é abaixo de 200 mg/dL e o colesterol “ruim” do sangue não pode ultrapassar o nível de 100 mg/dL. Se você faz parte do grupo de risco, em que o colesterol se aproxima ou ultrapassa 100 mg/dL, saiba como controlar o colesterol alto com algumas mudanças de hábito.

Aprenda como controlar o colesterol alto

A dieta para manter os índices de colesterol equilibrado é focada no aumento do colesterol bom (conhecido com HDL) no sangue. Por isso deve-se aumentar o consumo de alimentos fortes de gorduras úteis para o corpo, as monoinsaturadas. Você precisará cortar da sua alimentação, frituras, embutidos, cortes de aves com pele, leite integral, bolos prontos, bacon, maionese, manteiga. Este tipo de alimento apresenta gorduras saturadas e trans, que aumentam a produção de colesterol pelo fígado e os níveis de LDL.

Por outro lado, você pode investir em alimentos que farão bem para sua dieta, como aveia, leite de soja, azeite de oliva extra virgem, feijão integral e tomate. Estes alimentos possuem alto teor de fibras solúveis, que diminuem a absorção de colesterol pelo organismo. A proteína da soja em especial, é rica em saponina, um composto com ação eficaz na redução da absorção do colesterol no fígado. O azeite pode ser um aliado graças às fontes de gordura monoinsaturada, enquanto o tomate contém licopeno, que atua como antioxidante, prevenindo e combatendo a formação de placas de gordura.

Como tratar o colesterol alto

O acompanhamento de um médico e a indicação de um bom nutricionista para a alimentação contra o LDL é fundamental para a disciplina no tratamento, que é a base da mudança no estilo de vida, eliminando hábitos alimentares que não são saudáveis para quem tem o problema. Além do foco na dieta, é preciso conciliar a boa alimentação com atividades físicas constantes. Um treinamento focado na eliminação de gorduras, com uma série de exercícios aeróbicos seria o mais recomendável. Para a rotina de exercícios ideal, consulte um personal trainer ou peça atenção especial do seu treinador da academia, explicando a sua necessidade. Para casos mais graves, é recomendável a utilização de medicamentos, que devem ser tomados somente por indicação médica.

Fonte Texto e imagem: PontoXP

Até a próxima


domingo, 28 de fevereiro de 2016

Alguns importantes benefícios do suco de cenoura


O suco da cenoura é muito comum em nossa cozinha. Suco de cenoura é associado a muitos benefícios para saúde. O suco da cenoura fresco pode substituir chá, café e pode ser tomado à noite em combinação com outras frutas saudáveis, como limão, maçã, kiwi, morango, abacaxi, pêssego, framboesa e outros.
www.emagrecerumdesafio.com
Imagem how.in.ua

Fazer um suco da cenoura é muito fácil se tivermos uma máquina de suco. Outro método de criação do suco da cenoura é usando um liquidificador. Você pode colocar cenoura fresca na máquina e preparar o suco da cenoura com facilidade. 

O suco da cenoura tem um teor particularmente elevado de betacaroteno, uma fonte de vitamina A, mas também é rico em vitaminas do complexo B, como ácido fólico, e diversos minerais, incluindo cálcio, cobre, magnésio, potássio, fósforo e ferro. É um excelente remédio natural para a limpeza do corpo de substâncias nocivas. Recomenda-se contra a má digestão, gastrite, osteocondrose, poliartrite, problemas intestinais e hemorroidas. É recomendado o uso diário de um copo de suco da cenoura para uma boa saúde.

Alguns importantes benefícios do suco da cenoura para saúde são:

→ O suco de cenoura contém menos calorias e é muito benéfico para a perda de peso.

→ Dores e dores associadas com o envelhecimento diminui com a ingestão do suco de cenoura.

→ Alivia a fadiga do músculo do coração e regula a troca de substâncias no organismo e, portanto, afeta a regulação do peso corporal.

→ Ele relaxa a fadiga mental que se originou a partir do trabalho intelectual intenso e estressante.

→ Cenoura contém vitamina E, que ajuda na prevenção do câncer, ajuda contra o colesterol, tonifica e revitaliza a pele e contém menos calorias.

→ O suco da cenoura contém vitamina A, que melhora a visão e ajuda nas doenças ósseas como osteoporose.

→ Também contém potássio, que ajuda contra o colesterol.

→ O suco revitaliza e tonifica a pele.

→ O suco da cenoura é muito rico em betacaroteno. É um antioxidante que retarda e previne o processo de envelhecimento.

→ Beber suco da cenoura é muito bom para uma boa saúde pré-natal, a visão, ossos, dentes, fígado, unhas, pele e cabelo.

→ Cenouras auxilia a digestão, aumentando a saliva e fornecimento dos sais minerais, vitaminas e enzimas necessárias para isso.

Fonte: saudedica

Até a próxima


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Vantagens de consumir mel



Muitos temem o mel por causa da fama de suas calorias que são maiores do que no açúcar, porém o mel traz muitas vantagem para a saúde e é possível encontrar produtos mais suaves que não têm tantas calorias. Uma dica para não errar ao comprar mel lembrar-se de dar preferência aos que têm a cor âmbar. A seguir você irá conferir uma série de vantagens de consumir mel e incluir esse ingrediente nas suas refeições diárias.


Principais vantagens de consumir mel


www.emagrecerumdesafio.com
Imagem: Pixabay

Mel dá mais energia

O mel pode ser um substituto de energéticos e proteínas ingeridos na hora do exercício. Um copo de água e uma colher de mel (o tradicional contém cerca de 60 calorias a cada meia hora de treino funciona como energético. A fórmula é recomendável até para dar mais energia para curtir a noite depois de uma jornada de trabalho cansativa.

Mel como substituto do açúcar


Estudos demonstraram que usar o mel em vez de açúcar nas receitas estabiliza os níveis de açúcar no sangue, e pode ser utilizado até por quem tem diabetes ou resistência à insulina. Substituir o açúcar por mel pode também diminuir os nível de LDL (colesterol ruim) e de proteína C-reativa, que mede a inflamação dos vasos sanguíneos.

Benefícios do mel para o intestino


Os oligossacarídeos encontrados em grandes quantidades no mel são como um tipo de açúcar que estimula o crescimento das bactérias que aumentam a imunidade e fortalecem o intestino, o que promove uma flora intestinal mais saudável.

Benefícios do mel para a pele


O mel pode ser também um forte aliado para a beleza. Ele contém propriedades nutritivas regeneradoras para a pele do rosto. As maiores beneficiadas são pessoas com pele sensível, pois o mel pode ser uma solução para uma hidratação que antes não acontecia com produtos que podiam agredir o rosto. Ele permite ainda uma esfoliação suave. A máscara caseira de mel é uma das opções de hidratação e você ainda economiza com produtos. É muito fácil, você só precisa dos ingredientes abaixo:

Máscara caseira para o rosto

– 1 colher de mel
– 1 colher de açúcar amarelo
– 1 colher de azeite
– Sumo de limão


Para fazer a máscara, é só misturar todos os ingredientes e aplicar no rosto com movimentos suaves e circulares. Deixe agir por alguns minutos e depois passe água fria.

Benefícios do mel para o cabelo

O mel nutre profundamente os fios do cabelo e ajuda a limpar o couro cabeludo de toda a sujeira acumulada durante o dia. A receita caseira de máscara para cabelo com mel, é uma excelente opção tratar a agressão que o cabelo sofre durante o verão e retirar as sujeiras mais difíceis como o acúmulo de areia nos fios depois de um dia de praia.

Tratamento caseiro para o cabelo

– 1 copo de água
– 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
– 1 colher de mel
– 5 gotas de óleo de rosas

O preparo é muito simples: adicione os ingrediente a uma taça e aplique no cabelo depois de lavar com shampoo. Massagear bem e prender enquanto termina de tomar banho. Após cinco minutos, retire o conteúdo do cabelo com água fria, passe a mão entre os fios para ter certeza que conseguiu remover todo.


Fonte: Textual Conteúdo

Até a próxima