domingo, 26 de março de 2017

Papaia, fruta tropical




Existem inúmeras variedades desta fruta originária da América Central.De cor atraente e textura suave, a papaia é ideal para começar o dia ou terminar uma refeição. Conheça a papaia por dentro e por fora.

www.emagrecerumdesafio.com


Características e benefícios

Fonte de fibra e vitamina A e excelente fonte de vitamina C, o consumo de papaia contribui, entre outras funções, para a manutenção de uma pele, visão e mucosas normais, para o normal funcionamento do sistema imunitário, para a redução do cansaço e a absorção de ferro.

A papaia é perfeita para terminar qualquer refeição, já que contém uma enzima chamada papaína, que ajuda na digestão das proteínas presentes na carne e no peixe.

Como escolher e guardar

Se não quiser consumir de imediato, pode escolher frutos com casca verde amarelada, que pode deixar amadurecer em casa, fora da geladeira. Se for preciso acelerar o processo de amadurecimento, experimente guardá-la num saco de papel com duas ou três bananas.

Se quiser saborear rapidamente a sua papaia, escolha os frutos com casca amarela. Se o fruto estiver firme mas ceder ao toque e exalar um aroma agradável, é porque está no ponto ideal para comer. Os frutos que já estão maduros podem ser guardados na geladeira para parar a maturação.

Como congelar

Pode congelar papaia para usar mais tarde. Devido ao elevado teor de água, a textura da fruta irá modificar-se ao descongelar pelo que não ficará como se fosse fresca, mas dá perfeitamente para usar em smothies, doces e polpas. Primeiro corte a papaia em cubos e congele-os individualmente em cima de uma folha de papel vegetal para não colarem uns aos outros. Depois de congelados assim pode transferi-los para sacos de congelação.

Como usar na cozinha

A forma mais simples de comer a papaia é ao natural ou temperada com suco de lima ou limão. Sucos, smothies, vitaminas, mousses e saladas de fruta (para a salada de fruta experimente usar as metades de papaia como recipiente) são outras opções infalíveis, assim como a combinação de papaia com queijo fresco, perfeita para começar o dia.

Batida no liquidificador com morangos e iogurte dá origem a uma sopa fria muito original.

Um prato tradicional tailandês que usa a papaia é a salada de papaia verde com tomate, pimenta, limão, alho e molho de peixe. A papaia verde é menos doce e tem um sabor parecido com o da courgette que combina especialmente bem com pratos de caril.

Na gelatina não, para marinar sim

Devido ao efeito da enzima papaína sobre as proteínas, não é boa ideia juntar pedaços de papaia à gelatina, já que aquela enzima impedirá que a gelatina solidifique. Mas pode usar este efeito a seu favor na marinada de carnes e peixes (junte-lhe sumo de papaia, azeite, sal, pimenta e ervas aromáticas) já que o suco da fruta tornará a carne e o peixe mais macios.

As sementes

Apesar do sabor picante, as sementes da papaia são comestíveis. Pode moer as sementes da papaia e usá-las em substituição da pimenta ou da mostarda.


Fonte: Pingo Doce

Até a próxima


quinta-feira, 23 de março de 2017

4 sugestões para aproveitar cascas de citrinos


Na cozinha (quase) tudo se aproveita e, muitas vezes, até se pode ter grandes resultados com partes de alimentos que não esperava, como cascas. As cascas dos citrinos não precisam ir para o lixo. Saiba como torná-las úteis.

www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Revista Performance

Cristalizar

1. Corte cascas de citrinos em tiras com 5 a 10 mm e ponha-as de molho em água fria durante dois a três dias, mudando a água três a quatro vezes ao dia.

2. Retire, escorra e escolha uma quantidade de cascas, colocando-as numa panela. Por cada medida de cascas junte uma de água e duas de açúcar.

3. Ferva em fogo muito brando até as cascas estarem bem macias e a calda ter reduzido para cerca de um terço.

4. Retire-as com uma escumadeira e deixe-as a escorrer de um dia para o outro sobre uma rede.

5. Passe-as por açúcar e guarde-as em frascos bem vedados ou mergulhe-as em chocolate negro previamente derretido em banho-maria.

Desidratar

1. Ligue o forno a 130º C.

2. Espalhe as cascas de citrinos (só a parte vidrada) sobre um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e polvilhado com açúcar em pó.

3. Polvilhe levemente as cascas de citrinos com açúcar em pó e leve ao forno cerca de uma hora ou até estarem desidratadas.

A fruta desidratada pode ser reduzida a pó e ser utilizada para polvilhar sobremesas, pratos de peixe ou pratos de carne.

Aromatizar

1. Espete cascas (só a parte vidrada) de limão, tangerina, toranja, laranja ou lima, ou uma mistura de várias, em espetos compridos de madeira.

2. Introduza-os em garrafas ou frascos de vidro e encha-os com vinagre previamente aquecido.

3. Tape bem e deixe em infusão durante alguns dias.

Congelar

www.emagrecerumdesafio.com
Foto: Pingo Doce

1. Lave bem os citrinos

2. Retire-lhes a parte vidrada da casca com um descascador e reserve no congelador.

Use para aromatizar bebidas, caldas de açúcar, sobremesas ou até arroz.


Fonte: Pingo Doce

Até a próxima